Algarve

FRAPAL: «Basta! As associações de pais exigem qualidade do ensino em Portugal!»

FRAPAL – Federação Regional das Associações de Pais do Algarve

Quando vamos voltar ao normal? Quando vamos ter os professores de volta às escolas? Quando os professores vão ter aquilo que reivindicam?

A FRAPAL necessita que seja colocado um ponto final a este momento de greve, e, que a escola volte a operar normalmente e a Qualidade do Ensino em Portugal seja reposta!

A escola tem de voltar ao normal, os nossos alunos têm que voltar a entrar nas rotinas, não só porque encontram-se em constante ansiedade – Hoje é dia de aulas ou greve? a maior parte dos alunos não compreendem a revindicação dos professores, mas encontram-se ansiosos se vão perder matéria e como esta vai ser reposta. Qual o impacto que esta greve terá na avaliação e nos exames no final do ano letivo.

Temos alunos que usam a escola não só como lugar de aprendizagem, mas um local seguro, longe dos problemas do dia-a-dia, e uma refeição quente.

Quando o ME vai tomar medidas para garantir que a escola manterá os serviços mínimos para minorar o impacto na vida dos alunos, bem como dos demais Encarregados de Educação.

Queremos iniciativa do ME, queremos uma escola melhor e de qualidade, queremos professores melhores, mais motivados e melhor educação! É totalmente inaceitável que continuemos todos os anos com escolas com falta de professores períodos ou semestres inteiros!

Na impossibilidade de um acordo de imediato entre ME e sindicato de professores, pedimos que seja garantido um calendário da greve com data e hora marcada, para que os pais e alunos se possam organizar para que o impacto nas suas vidas seja mais controlado.

As greves consecutivas estão a colocar em causa os postos de trabalho do Encarregados de Educação, obrigado os Encarregados a serem muito criativos para arranjar soluções para não faltar ao trabalho e garantir que os seus educandos ficam em segurança durante o dia.

Os Pais e EE entendem e apoiam a luta dos professores, mas não podem aceitar indefinidamente ser as vítimas colaterais desta luta.

Pela Equipa da FRAPAL, o presidente Nuno Sousa

Assine a Petição Pública da FRAPAL: https://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=FRAPAL

Categorias:Algarve