Opinião

Sabe quais são os cuidados que deve ter com os pés das crianças?

Artigo de opinião de Manuel Portela, presidente da Associação Portuguesa de Podologia

Dr. Manuel Portela, presidente da APP

Por que estão em crescimento, passando por várias fases de desenvolvimento, é importante que tenhamos atenção aos pés das nossas crianças, dando-lhes todo o cuidado necessário. O objetivo é, obviamente, o seu bem-estar, mas também a prevenção de possíveis patologias já na infância, assim como na idade adulta.

Consultar um podologista é uma mais-valia no sentido de diagnosticar precocemente e evitar ou tratar possíveis patologias dos pés, como são exemplo o transtorno dos padrões de marcha, as alterações dos joelhos, as alterações do apoio plantar, o pé plano (mais conhecido por pé chato), pé cavo, o desvio dos dedos, bem como algumas alterações da pele e das unhas do pé infantil.

Contudo, a par de procurar um especialista em Podologia, existem muitos cuidados que os pais devem ter com os pés dos seus filhos, permitindo-os crescer mais saudáveis:

  • Lave e seque bem os pés das crianças todos os dias, sobretudo entre os dedos. O objetivo é prevenir as infeções por fungos, como por exemplo o pé de atleta.
  • Certifique-se que o tamanho dos sapatos é sempre o correto. Substitua os sapatos que não servem. O pé precisa de espaço para crescer.

Na altura de comprar calçado, a criança deve experimentar os sapatos nos dois pés, pois normalmente existe uma assimetria de tamanhos entre ambos. Certifique-se que a criança está confortável em ambos os pés. Opte por sapatos com contrafortes rígidos e solas maleáveis.

  • Alterne o calçado diariamente, de forma que possa arejar para eliminar a humidade e o suor.
  • Use meias apropriadas, de preferência de algodão ou de lã, e do tamanho certo. Tenha atenção que as meias podem encolher e podem restringir o crescimento do pé da criança ou provocar dedos em garra.
  • Corte as unhas da criança em linha reta, evitando que fiquem encravadas.
  • Observe os pés no sentido de identificar unhas grossas e/ou amareladas.
  • Pergunte-lhes se têm comichão nos pés.
  • Esteja atento às quedas frequentes das crianças (a posição dos pés e dos joelhos influencia a estabilidade e o equilíbrio)
  • Valorize o aparecimento de dores nos pés, principalmente quando praticam desporto.
  • Dentro de casa, incentive as crianças a andarem descalças. Isto permite desenvolver o sistema propriocetivo, melhora o equilíbrio e permite que os seus pés se desenvolvam e fortaleçam sem restrições.
  • Lembre-os que devem andar sempre calçados em piscinas e balneários.

Categorias:Opinião, Saúde