Albufeira

ALBUFEIRA | Maria da Boa Hora festejou 100 anos em grande

MARIA DA BOA HORA GUERREIRO ALHINHO festejou o seu 100.º aniversário no Centro Paroquial Quinta da Palmeira, em Albufeira.

O Centro e alguns familiares prepararam uma bonita e muito animada festa.

Estiveram presentes familiares, numerosos amigos, utentes da instituição e o diretor do Centro, Padre Carlos César Chantre.

A festa contou com três momentos muito especiais: Atuação das Moças Nagregadas, da Associação APEOralidade, com as suas quadras à desgarrada e hilariantes trava-línguas;

Moças Nagregadas

Danças de Salão com pares da LUEL – Academia de Dança;

E o tradicional e incontornável Parabéns a Você, seguido do apagar das velas e do corte do bolo.

Maria da Boa Hora com famuiliares e o Padre César Chantre

Maria da Boa Hora Guerreiro Alhinho nasceu no dia 23 de Agosto de 1912, na Freguesia de São Sebastião, Loulé (Sítio do Parragil).

Tem duas filhas, 5 netos e 8 bisnetos.

A filha Maria de Jesus Guerreiro Alho vive na América do Norte e tem 3 filhos e 3 netos.

A filha Esmeralda Maria Rodrigues Alho Ruivinho Brazão tem dois filhos ( Ana Cristina Brazão, com 2 filhos, Educadora, vive em Albufeira; Pedro Miguel Brazão, Psicólogo, com uma filha, vive em Lisboa).

A BORINHA está muito lúcida e muito enérgica.

Desde muito cedo, deu-se ao trabalho e à educação das filhas.

Acompanhou os netos em Portugal, levando ajuda até à América do Norte.

Tem uma resistência singular: Algumas quedas, algumas fraturas, mas tudo ela venceu.

Reportagem de Jorge Matos Dias/PlanetAlgarve

Categories: Albufeira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.