Algarve

ALGAR faz balanço de 2012 e divulga projetos para 2013

 

Por um Algarve cada vez mais amigo do ambiente

 

Algar

 

A ALGAR, empresa responsável pela valorização e tratamento dos resíduos sólidos do Algarve, considera que 2012 foi um ano que exigiu o repensar da estratégia e a adaptação da empresa às novas circunstâncias da conjuntura económica.

 

No âmbito da sua prestação, o ano de 2012 fica marcado pela entrada em exploração da nova Unidade de Compostagem de Verdes a operar em São Brás de Alportel, com capacidade para tratar 10.000 toneladas de resíduos verdes por ano. Atualmente as 3 unidades de compostagem da ALGAR (sitas em Portimão, Tavira e São Brás) têm uma capacidade total de tratamento de 20.000 toneladas/ano.

 

Destaque para a entrada em funcionamento da Unidade de Valorização de Resíduos de Construção e Demolição, com uma capacidade anual de tratamento de 100.000 toneladas, sita em Portimão e a otimização do Sistema de Recolha de Embalagens através da colocação de ecopontos metálicos de grande capacidade nos locais de maior produção destes resíduos, além da nova decoração dos ecopontos de grande capacidade, pensada para melhorar a correta utilização destes equipamentos.

 

Salienta-se que no ano de 2012 a ALGAR encaminhou para reciclagem 23.650 toneladas de resíduos de embalagem.

 

Em 2013, a ALGAR espera continuar a assegurar o cumprimento do objeto social da empresa, com a consciência que a prestação do seu serviço é de fundamental relevância para o desenvolvimento da qualidade de vida da população e dos visitantes da região.

 

A ALGAR perspetiva novos desafios que irão contribuir para melhorar os serviços prestados à população, nomeadamente no desenvolvimento de infraestruturas e dos sistemas de tratamento de resíduos que lhe estão associados.

 

Com a entrada em funcionamento da Central de Valorização Orgânica (CVO) em São Brás de Alportel, a ALGAR irá valorizar parte dos resíduos biodegradáveis que atualmente são encaminhados para aterro sanitário (20.000 toneladas), o que permitirá ainda o aumento da energia renovável produzida pela ALGAR, através da implementação do Sistema de Aproveitamento Energético do Biogás nesta instalação.

 

A adoção deste tratamento contribui fortemente para o cumprimento a nível nacional das metas comunitárias e da diretiva aterros, posicionando assim o país ao nível da aplicação das melhores práticas disponíveis para este fluxo de resíduos.

 

Outros projetos previstos para 2013 são a cobertura flutuante da lagoa de lixiviados do aterro Sanitário do Sotavento e a construção da Unidade de Tratamento Mecânico, com uma capacidade de tratamento de 100.000 toneladas/ano, a instalar no Aterro Sanitário do Barlavento Algarvio.

 

No âmbito da atividade de Recolha Seletiva e Triagem, destaca-se a recuperação de ecopontos e a aquisição de novos equipamentos (ecopontos, pilhões e MGB – contentores de 120L), bem como a otimização das linhas de triagem automática.

 

De referir que a ALGAR desenvolve anualmente ações dirigidas à população em geral e ao pequeno comércio e serviços, sempre no âmbito da Sensibilização e Educação Ambiental, com vista à motivação da adoção de comportamentos ambientais adequados que zelem pela preservação e proteção do Ambiente.

 

A ALGAR está motivada com os resultados alcançados e espera que o ano de 2013 seja de consolidação do empenho da empresa em superar os desafios futuros.

 

A ALGAR

 

A ALGAR é responsável pela receção, transferência, tratamento e valorização dos resíduos produzidos nos Municípios de Albufeira, Alcoutim, Aljezur, Castro Marim, Faro, Lagoa, Lagos, Loulé, Monchique, Olhão, Portimão, São Brás de Alportel, Silves, Tavira, Vila do Bispo e Vila Real de Santo António.

 

A ALGAR faz parte do universo empresarial do Grupo Águas de Portugal, designadamente da sub-holding para a área dos resíduos EGF, onde se processam anualmente cerca de 3,6 milhões de toneladas de resíduos urbanos (RU) produzidas em 165 municípios, servindo cerca de 63% da população de Portugal Continental.

 

Categories: Algarve

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.