Algarve

ACRAL formalizou Candidatura PREIA: Plano Regional para o Empreendedorismo e Inovação no Comércio e Serviços

logo ACRAL

A ACRAL – Associação do Comércio e Serviços da Região do Algarve, entregou no passado dia 22-02-2013 uma candidatura, no âmbito do concurso que se encontrava aberto ao Sistema de Apoio a Ações Coletivas (SIAC), eixo prioritário 1 – competitividade, inovação e conhecimento, tendo como copromotor do mesmo a Algarve Film Comission. Este projeto irá incidir sobre as cidades de Albufeira, Faro, Lagos, Loulé, Olhão, Portimão, Tavira e Vila Real de Santo António. No seu conjunto, estes Municípios representam cerca de 300.000 habitantes, ou seja aproximadamente 75% a população regional.

A candidatura apresentada pela ACRAL assenta em três atividades:

Atividade 1: Gestão e dinamização integrada dos centros urbanos

Ações a realizar

  • Desenvolvimento e manutenção da plataforma do projeto – criação e alimentação de uma Plataforma Tecnológica (Centro Comercial Virtual), onde ficará alojada informação fundamental para o entendimento da realidade atual, da oferta existente, dos espaços disponíveis e das oportunidades de criação de novos negócios;
  • Aquisição de equipamentos;
  • Loja do empreendedor – A Loja do Empreendedor irá contemplar um espaço físico no centro das cidades, com uma equipa, para apoiar o empreendedorismo e a inovação para dar aconselhamento e prestar informações sobre as principais áreas de negócio a investir, as áreas a evitar, os espaços devolutos existentes nas cidades, as oportunidades de negócios existentes, bem como a bolsa de emprego regional na área do comércio e serviços;
  • Registo e promoção de locais de filmagem – A ACRAL, em conjunto com a Algarve Film Comission, pretende promover as cidades, incluídas no projeto, junto do setor audiovisual, nomeadamente agentes de interesse para a produção e rodagem de produções audiovisuais;
  • Promoção e dinamização empresarial – Para que esta Plataforma seja conhecida e utilizada pelos empreendedores, a ACRAL, irá dar a conhecer a mesma através de jornais locais, cartazes, folhetos, redes sociais, bem como através da realização de sessões públicas de esclarecimento.

Atividade 2: Promoção da inovação no Comércio

Ações a realizar

  • Concurso de ideias jovens comerciantes – Esta atividade visa a integração de jovens desempregados nos estabelecimentos comerciais. Pretende-se igualmente fomentar a integração de estagiários em empresas de serviços de apoio ao comércio. Pretende-se implementar o serviço de marketing do Centro Urbano, que irá promover e gerir as baixas das cidades como um “Centro Comercial a Céu Aberto”.
  • Concurso de ideias reabilitação de fachadas – Esta ação visa a criação de concursos de ideias para a reabilitação das fachadas degradadas ou fachadas de espaços comerciais localizados nas áreas de intervenção.
  • Apoio ao desenvolvimento de novos negócios criativos – Consiste num programa de acompanhamento e consultoria de projectos na área da criatividade, cinema e audiovisual, e que pretende constituir-se como um ciclo integrado de apoio ao desenvolvimento e implementação de modelos de negócios e que potenciem a sustentabilidade das empresas do setor.
  • Cidades em ação – ação nas cidades – Esta ação será materializada num concurso aberto aos produtores de audiovisual da região, com o objetivo de motivar a utilização das 8 cidades do projeto como cenários de ficção ou documentário.
  • Projeto piloto de cooperação interdisciplinar – Irá ser dinamizado um projeto-piloto colaborativo de criação de um produto audiovisual inovador que sirva de demonstrador das qualidades especificas da região do Algarve no âmbito do sector do cinema e do audiovisual.
  • Promoção e animação das cidades – Criação de eventos promovidos de forma concertada para garantir o máximo de adesão dos estabelecimentos, comerciantes e empresas. Serão realizados eventos que fomentem a atividade comercial seguindo o calendário anual: exemplos: Dia de São Valentim, Páscoa, verão, outono, Dia da mobilidade em Setembro, Dia de São Martinho, Natal.

Atividade 3: Estudo de tendências e inovação comercial

Ações a realizar

  • Plano de marketing das cidades – a realização de um estudo de diagnóstico, bem como a realização de PLANOS DE MARKETING para as principais cidades algarvias. Para a realização deste Planos contamos com a participação da Universidade do Algarve.
  • Concurso de ideias para reabilitação urbana – Através do CONCURSO DE IDEIAS PARA A REQUALIFICAÇÃO DOS CENTOS COMERCIAIS URBANOS, pretende-se dar resposta a uma debilidade que é apontada pelos empresários da região, designadamente, a falta de estruturas para cobertura das ruas do Comércio Local.
  • Estudo de viabilidade de plataforma de comércio eletrónico – A análise da viabilidade de criação de uma PLATAFORMA DE COMÉRCIO ELETRÓNICO, passa, por estudar as condições técnicas e logísticas necessárias para permitir que o comércio local algarvio tenha acesso aos novos canais de distribuição e venda.
  • Estudo de viabilidade de sistema de fidelização – Realização de estudo com vista à implementação de um sistema de fidelização transversal ao comércio e serviços do Algarve. A ideia passará por criar um cartão que ofereça vantagens financeiras aos diferentes públicos: clientes locais, turistas, visitantes, empresários, comerciantes.
  • Estudo prospetivo para o desenvolvimento do setor criativo – Realização de um estudo de natureza económica que permita caracterizar o Sector do Cinema e Audiovisual no Algarve, nomeadamente em termos de empresas, emprego, modelos de produção, constrangimentos atuais, potencial de desenvolvimento e crescimento e comparação de boas práticas internacionais.
  • Ações de benchmarking internacional – Esta ação consiste num programa de visitas internacionais com o objetivo de gerar processos de benchmarking transferíveis para a realidade portuguesa equacionando a sua adaptação e aplicação. Inclui visitas de recolha de informação a cidades, eventos e organizações de referência.

João Rosado, Presidente da ACRAL afirmou “Este projeto é vital para dar resposta a um conjunto de debilidades diagnosticadas e que são comuns às PME da região. Assim, como resposta à conjuntura atual, e visando suprir debilidades que afetam um conjunto alargado de empresas, visamos, com esta candidatura, a promoção da inovação do tecido empresarial algarvio, apostando na competitividade das empresas, a par da prioridade definida e materializada no Programa Estratégico para o Empreendedorismo e a Inovação. Estamos bastante otimistas da aprovação desta candidatura que poderá contribuir decisivamente para a sobrevivência de muitas das PMEs na região do Algarve.”

ACRAL + Perto de Sí.

Categories: Algarve

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *