Loulé

Telmo Pinto candidato do PS à Junta de Freguesia de Quarteira

Telmo Pinto

Telmo Pinto

Ontem, dia 21 de Março de 2013, os militantes da secção de residência de Quarteira do Partido Socialista, reunidos em Assembleia Geral, por proposta do secretariado da secção, aprovaram a designação de Telmo Pinto como candidato do PS à presidência da Junta de Freguesia de Quarteira nas próximas eleições autárquicas.

A designação do candidato recolheu um inquestionável apoio por parte dos militantes da secção, que subscreveram a candidatura, a qual contou também com a presença e apoio do presidente da Comissão Política Concelhia do PS Loulé, Victor Faria, além do candidato à presidência da câmara municipal louletana, Vítor Aleixo.

A candidatura do cidadão independente – Telmo Pinto, foi o culminar de um processo de identificação de um perfil que personificasse a aposta numa mudança de envolvência política dos cidadãos, uma aposta no futuro da freguesia e uma aposta numa geração que está preparada e quer assumir a responsabilidade de gerir os destinos da freguesia de Quarteira.

Telmo Manuel Machado Pinto, de 42 anos de idade, é natural e residente em Quarteira, casado com Lélia Pinto, professora do primeiro ciclo do ensino básico e pai de três filhos com 2, 8 e 10 anos.

Profissionalmente é engenheiro técnico civil, licenciado pelo Instituto Superior de Engenharia da Universidade do Algarve e actualmente é sócio gerente da empresa PEÇA21 LDA, onde desenvolve a sua atividade profissional de engenheiro civil.

Usando da palavra após a indigitação, Telmo Pinto afirmou que se sentia muito honrado com a indigitação, que não estava ali para ocupar o lugar de ninguém, mas não veio para ser apenas mais um. Estava ali para fazer muito mais pelo futuro da sua cidade e da freguesia de Quarteira.

Num apelo ao envolvimento e participação das gerações mais jovens na actividade política, Telmo Pinto referiu que “ numa freguesia em que a maioria da população é constituída por jovens famílias, a confiança que o PS deposita num jovem tem que ser entendida e assumida como um desafio lançado às novas gerações para que tomem nas suas mãos a responsabilidade de gerir os destinos de uma cidade e de uma freguesia com futuro.

Carlos Carmo (secretário-coordenador do PS Quarteira)

Categories: Loulé

2 replies »

  1. todos fazem ,fazem mas eu em quarteira quando vejo um inçendio nao sei porque quando os bombeiros chegam ja o fogo foi extinto pelo povo e claro esta,esta tudo queimado.porque de quartel de bombeiros so mesmo a sombra….

  2. Bom dia, é muito desagradável chegar do estrangeiro para passar umas boas férias merecidas, e encontrar à sua porta uma lixeira. É o que se passa aqui em Quarteira na Urbanização Morgado, muito perto do Mar. Já pedimos à Câmara de Loulé, e avisámos por escrito, a Junta de Freguesia, e nada foi feito. Isto é uma vergonha autêntica, numa cidade tursítica como Quarteira. Este terreno é público. Deve ser limpo pelos serviços camarários. Isto é o resultado da incompetência, do deixa andar, do desleixo dos variedores responsáveis pela limpeza em Quarteira. É tempo para correr com estes incompetentes. Nem em Marrocos vi coisa igual. Não é assim que o Algarve e o País atraiem turistas e investimento. Com estas políticas, para o ano temos que pedir mais um resgate. É uma vergonha para o Portugal e para os portugueses.

    Melhores Cumprimentos

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.