AGENDA

PADERNE | Bispo do Algarve prossegue encontros com responsáveis dos centros sociais paroquiais algarvios

D. Manuel Quintas - Bispo do Algarve

D. Manuel Quintas – Bispo do Algarve

D. Manuel Neto Quintas, bispo do Algarve, prosseguirá no próximo dia 24 de abril a ronda de encontros que tem vindo a manter desde 2012 com os responsáveis pelos Centros Sociais Paroquiais do Algarve. Desta feita, a reunião terá lugar no Centro Social Paroquial de Paderne, entre as 10h15 e as 16h30. Este encontro procurará criar um espaço de debate e reflexão em torno das situações que resultam, sobretudo, da atual crise económica e social, como afirma D. Manuel Neto Quintas: «O objetivo destes encontros é a troca de informação e a formação. A abordagem destes temas e a partilha das nossas dificuldades e do modo como as superamos, bem como dos nossos projetos e anseios, ajudar-nos-ão a servir mais e melhor e, sobretudo, segundo a identidade própria de uma Instituição eclesial, que se inspira em Cristo e no Evangelho». Aliás, na reunião anterior, que teve lugar em Outubro, em Santa Bárbara de Nexe, os participantes salientaram a crescente dificuldade manifestadas pelos encarregados de educação no que toca ao pagamento das despesas com os seus educandos, bem como constataram o aumento do abandono dos idosos, resultante, também, das dificuldades financeiras das famílias. A estes problemas, comuns a todas estas instituições, soma-se o aumento da procura dos refeitórios/cantinas sociais.

Deste modo, o serviço em prol do outro, como preconiza a Doutrina Social da Igreja, será a principal temática desta reunião, prevendo o programa, precisamente, o aprofundamento do conhecimento da Doutrina Social da Igreja, com uma comunicação proferida pelo Presidente da Caritas Portuguesa, Eugénio Fonseca, intitulada “Ação e missão dos Centros Sociais Paroquiais à luz da Doutrina Social da Igreja”. Prevista está, igualmente, uma comunicação que abordará os “Aspetos da lei no regular funcionamento dos Centros Sociais Paroquiais”, apresentada por Luís Galante.

Recordamos que estas instituições assumem um papel de relevo na sociedade portuguesa e algarvia em particular. Entre Lares, Centros de Dia, Apoio Domiciliário, Creches, Pré-escolar, ATL, Refeitórios Sociais e Cantinas Sociais, os Centros Sociais Paroquiais prestam apoio a mais de 2.200 utentes e empregam aproximadamente 480 pessoas.

Pela Equipa do GIDAlg, Pe Miguel Mário Lopes Neto

Categories: AGENDA, Albufeira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.