AGENDA

FOMe na rua em Junho

 marionetas

Fome é o estado de carência de alimento do físico e, de uma forma mais abrangente, também do intelecto e do espírito.

No caso, FOMe significa Festival de Objectos e Marionetas e exprime a necessidade de alimento cultural ao mesmo tempo que acentua um apetite voraz por esta forma de expressão artística que, entre outras, tem a capacidade de reunir gentes, aquecer as almas com poesia e sonho, e ler o mundo de forma certeira reduzindo as nossas carências intelectuais e espirituais.

A primeira edição do FOMe conta com um conjunto de espectáculos, numa autêntica maratona de três dias, com os seguintes objectivos:

Proporcionar uma oferta diversificada ao nível das técnicas, dramaturgias e estéticas no sentido de abrir caminhos à construção de uma ideia intelectual e artística do que é o mundo abrangente das marionetas e formas animadas;

Criar uma dinâmica entre a cidade de Faro e o Teatro Lethes (sede do FOMe) com espectáculos de rua que utilizem espaços não convencionais, que circulem pelo interior do teatro, que desafiem as formas tradicionais de relação com o público;

Através do encontro com as marionetas, fomentar a circulação do público da rua até ao Teatro Lethes e vice-versa. Ir ao encontro das pessoas e festejar com elas. Reaproximar a cultura da rua, reaproximar a cultura das pessoas, as pessoas do teatro;

Programar espectáculos de marionetas e formas animadas para adultos com o intuito de desmistificar a ideia de que os espectáculos de marionetas são apenas para crianças;

Proporcionar uma oferta de espectáculos que tenha em conta as necessidades das várias camadas de público da cidade e da região: espectáculos de teatro de objectos para bebés e crianças; marionetas e pequenas formas para o público adulto; espectáculos de rua para toda a família e para quem for apanhado desprevenido e se deixe levar pela magia das marionetas tradicionais;

E também um espaço de discussão e reflexão para pensar a marioneta face à modernidade e em contraste com o tradicional, valorizar a tradição e o facto de alguns marionetistas se dedicarem actualmente à pesquisa de um legado. No caso da 1.ª edição do FOMe, os tradicionais Robertos.
A maratona de marionetas inicia-se na sexta-feira, dia 14 de Junho, à noite, com duas sessões do espectáculo para adultos: O Mironescópio – A máquina do Amor d’ A Tarumba  Teatro de Marionetas.
Sábado de manhã, o AGORA Teatro, com Túu! Túu! para bebés e crianças até aos 3 anos; à tarde 3 espetáculos de Robertos de companhias diferentes realizados na rua, portanto, para todas as idades, desenhando um percurso que vai desde a baixa da cidade à porta do Teatro Lethes; à noite no Teatro Lethes temos TUBIC da premiada Companhia S.A. Marionetas, Teatro & Bonecos, para todas as idades, e ainda a fechar o serão, mais um Mironescópio – A máquina do Amor d’ A Tarumba, para adultos.

Domingo repete todo o programa de sábado à excepção do espetáculo da noite.
São 5 companhias distintas, 7 espectáculos diferentes, num total de 14 representações ao longo de 3 dias. Sem esquecer que a seguir aos espectáculos há conversas entre os criadores e o público. Iniciativa de reflexão conta com a presença de Cristine Zurbach da Universidade de Évora.
O evento é apoiado pelo Governo de Portugal | Secretário de Estado da Cultura | Direcção Regional de Cultura do Algarve, Direcção Geral das Artes, Câmara Municipal de Faro, Antena 1, Rua FM, Algarve 21, Algarve Central, Quadro de Referência Estratégico Nacional, União Euro | Feder, Comércio da Baixa de Faro. Apoio Institucional da Amal | Grande Área Metropolitana do Algarve. Patrocínio da empresa Murbiazores. Protocolos com as Autarquias do Algarve pelo Teatro: Albufeira, Faro, Lagoa, Lagos, Loulé, Portimão, São Brás de Alportel, Tavira e Vila do Bispo.

ACTA – A Companhia de Teatro do Algarve

Categories: AGENDA, Faro

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.