AGENDA

VILAMOURA | Hepatologia, Oncologia, Gastrenterologia e Física em destaque no terceiro dia da Semana Digestiva

semana

O fígado, o maior órgão do corpo humano, as doenças oncológicas, as doenças gastrointestinais e a dinâmica entre a física e a medicina são alguns dos temas em destaque no terceiro dia de trabalhos da Semana Digestiva 2013, uma iniciativa da Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia, da Sociedade Portuguesa de Endoscopia Digestiva e da Associação Portuguesa para o Estudo do Fígado, que decorre no Centro de Congressos de Vilamoura, até dia 15 de Junho.

Pautado por comunicações livres, que decorrem durante todo o dia, sobre temas ligados à doença inflamatória do intestino, fígado, tubo digestivo e endoscopia digestiva, e pela abordagem a casos clínicos, o terceiro dia do congresso vai também dar destaque às doenças hepáticas e à importância do rastreio do cancro colorretal.

A “Cirrose Hepática e o novo paradigma terapêutico”, conferência liderada pelo especialista inglês Emmanuel Tsochatzis decorre às 14h30. Esta doença, cuja causa mais frequente em Portugal é a ingestão excessiva de bebidas alcoólicas, pode ainda ser causada por hepatites provocadas por vírus, pelas hepatites C e B, pelo excesso de gordura no fígado e por outras doenças mais raras.

No simpósio da SPED sobre “Rastreio do Cancro Colorretal, experiência nacional”, vai ser apresentado um programa-piloto de rastreio desta doença que envolveu oito hospitais do SNS e terminou há um ano e que, segundo António Dias Pereira, Diretor do Serviço de Gastrenterologia do IPO de Lisboa e responsável pelo estudo, tem por objetivo “reunir informação para reforçar a importância de o país avançar com um rastreio universal do cancro do cólon, com o Estado a promover colonoscopias periódicas a adultos a partir dos 50 anos”. O especialista refere também que “se se implementasse o rastreio poderíamos salvar 900 vidas por ano, além de reduzir custos com tratamentos”. “Em 6 mil utentes rastreados no programa-piloto, foram detetadas e tratadas lesões pré-cancerígenas em 20%”, conclui o médico.

“A Hipnose Clínica e o seu contributo na terapêutica da Síndrome do Intestino Irritável” é outro dos temas em discussão no Simpósio do Núcleo de Motilidade Digestiva (NMD), uma seção da Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia (SPG) que pretende promover o desenvolvimento da Motilidade Digestiva.

O terceiro dia de Semana Digestiva conta ainda com a participação do especialista George Papatheodoridis, que vem a Portugal para dirigir o Workshop “What are the unmet medical needs on long term patient management with CHB?”, uma apresentação focada nas necessidades médicas dos doentes com hepatite B.

A discussão em torno da pergunta “Qual a abordagem do doente com Síndrome de Peutz-Jeghers”, “As novas perspetivas na colite ulcerosa”, “A enteroscopia na prática clínica” e as “Causas menos comuns de pancreatite aguda e crónica” serão outros dos temas abordados ao longo do dia.

O penúltimo dia da Semana Digestiva 2013 ficará ainda marcado pela Conferência “Física, Biologia e Medicina: O futuro está nos genes”, uma exposição de Carlos Fiolhais, Professor Catedrático no Departamento de Física da Universidade de Coimbra, que pretende abordar a sequenciação do genoma, uma forma de conhecer o perfil genético de cada pessoa e que permite diagnósticos mais precisos por parte dos médicos, o fabrico de melhores medicamentos, pelas farmacêuticas, através da consulta a determinados perfis e, por outro lado, o melhor conhecimento das suas características próprias, por parte dos pacientes, que poderão mudar com antecedência o seu estilo de vida.

Programa em www.semanadigestiva.pt

Categories: AGENDA, Loulé

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.