Albufeira

Música e Artesanato animaram Al’Buhera

Artistas locais deram vida a mais uma edição do Festival

Terminou no Domingo mais uma edição do já tradicional Festival Al’Buhera, que durante cinco noites transformou a Praça dos Pescadores num palco de artes e ofícios. De quarta-feira a domingo, cerca de 50 artesãos divulgaram o seu trabalho e diversos grupos musicais atuaram para os milhares de pessoas que visitaram o centro antigo da cidade.

De 24 a 28 de julho, a Praça dos Pescadores voltou a receber o Festival Al’Buhera. Mais de meia centena de artesãos participaram numa mostra de artesanato, onde turistas e residentes tiveram a oportunidade de apreciar e adquirir peças únicas de pintura, escultura, bijutaria, artes decorativas, entre muitas outras manifestações artísticas.

A abertura do Festival contou com a habitual visita do Executivo aos expositores e respetiva entrega de diplomas de participação.

“Esta é uma forma do Município agradecer a colaboração e empenho dos artesãos ao participarem neste encontro multicultural que já faz parte do calendário de animação turística do concelho”, destacou o Presidente da autarquia, José Carlos Rolo.

Pelo palco do evento passaram artistas das várias associações e coletividades do concelho. A primeira noite foi dedicada à dança com o “Al’Buhera a Dançar”, que juntou alunos da Companhia de Dança Soul, Danças de Salão da Juventude Desportiva de Fontainhas, Danças de Salão e Orientais do F.C. Ferreiras, Fuete – Academia de Dança de Albufeira, Luel – Arte em Movimento, e Classe de Hip Hop da Academia Desportiva e Cultural da Praia da Falésia.

Nos restantes dias, foram vários os músicos da terra a interpretar diferentes repertórios, desde ritmos de Reggae, Funk e Soul pela banda “Ben & The Pirates” ao Fado Novo a cargo dos Al-Mouraria, que escolheram o Festival para apresentar o espetáculo comemorativo dos dez anos de existência do grupo. A música popular portuguesa esteve em destaque com a atuação de José Praia e Áqua Viva e foi a Banda Alhada a encerrar o certame ao som de acordes tradicionais portugueses.

Para Paulo Dias, responsável pela organização do evento “foram cumpridos todos os objetivos a que nos propusemos, desde logo os de promover o artesanato, os produtos e os agentes culturais do concelho”. O também vereador do Turismo refere ainda que “este Al’Buhera, juntamente com a Animação de Época Balnear que decorre no Largo Engenheiro Duarte Pacheco, o Dia da Cidade, ou as Festas do Pescador fazem já parte integrante do roteiro de atividades programadas para o Centro da Cidade. Em todas elas, privilegiamos os artistas e associações locais e criamos uma boa possibilidade para que tenham um palco de exceção. Julgo que é uma opção justa e merecida, tendo em conta a qualidade dos agentes culturais que dispomos atualmente no concelho”.

O Município de Albufeira

Categories: Albufeira

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.