Desporto

75.ª Volta a Portugal | Louletano “de cabeça erguida” sem Sérgio Ribeiro

Louletano 2013

Louletano 2013

A equipa do Louletano-Dunas Douradas promete abordar a 75.ª edição da Volta a Portugal de “cabeça erguida”, após a perda da sua grande referência, Sérgio Ribeiro, suspenso por 12 anos devido a irregularidades no passaporte biológico, deixando esta mensagem na sua página no Facebook:

A equipa do Louletano-Dunas Douradas promete abordar a 75.ª edição da Volta a Portugal de “cabeça erguida”, após a perda da sua grande referência, Sérgio Ribeiro, suspenso por 12 anos devido a irregularidades no passaporte biológico.

“Depois desse grande choque, sem termos culpa de nada, vamos enfrentar a Volta a Portugal de cabeça erguida e estar ao mais alto nível com os corredores que temos. Penso que temos uma equipa até equilibrada e podemos fazer uma grande Volta a Portugal”, disse à agência Lusa o diretor desportivo da equipa algarvia, Jorge Piedade.

Vencedor da classificação por pontos em 2011 e um dos melhores sprinters do pelotão, Sérgio Ribeiro, que esteve suspenso dois anos devido a um positivo por EPO em 2007, foi afastado de toda a atividade desportiva até 2025 e viu anulados todos os seus resultados desde 6 de janeiro de 2011, data do primeiro registo anómalo no seu perfil hematológico, quando corria pela Efapel.

“Tinha planeado uma estratégia tendo o Sérgio na Volta. Vamos mudar alguma coisa, fazer outra estratégia de corrida. Vamos com certeza ter a equipa mais poupada, uma vez que tínhamos o Sérgio e tínhamos de trabalhar bastante para ele nas chegadas ao sprint. Isso vai ser um ponto importante, porque vamos ter menos desgaste”, explicou Jorge Piedade.

Na ausência de Sérgio Ribeiro, o Louletano-Dunas Douradas apresenta-se à partida para o prólogo, na quarta-feira, em Lisboa, sem um líder definido, aguardando o desenrolar da prova para traçar as suas metas.

“Vamos estar para lutar por algumas etapas da Volta a Portugal. Penso que temos possibilidade de discutir algumas. Somos nove, está tudo em aberto e estão todos para discutir as etapas e estar na luta da Volta. Depois, vai-se vendo o que vai acontecendo e definindo objetivos”, afirmou o técnico.

No capítulo dos candidatos à vitória, Piedade defende que “os favoritos estão nas equipas portuguesas”, apontando o espanhol Arkaitz Duran (Efapel), Nuno Ribeiro (Efapel) e Daniel Silva (Radio Popular-Onda) como potenciais sucessores de David Blanco na 75.ª edição da Volta a Portugal, que se realiza entre 7 e 18 de agosto, com partida em Lisboa e final em Viseu.

Equipa: Victor Valinho (Portugal), Carlos Oyarzun (Chile), Raul Alarcon (Espanha), Antonio Olmo (Espanha), Jorge Montenegro (Argentina), Rui Vinhas (Portugal), Micael Isidoro (Portugal), Luís Silva (Portugal), Raul de Mateus (Espanha).

Jorge Matos Dias – PlanetAlgarve

Categories: Desporto, Loulé

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.