Ocorrências

Morreu David Lynx “D’LINX”, após queda de um telhado

David Lynx trabalhou na Casa do Castelo, em Albufeira. Aliás, foi no Algarve que teve o primeiro contato com equipamento de DJ, motivado pelos DJs Pete Tha Zouk e Vibe.

D'LINX

D’LINX

Faleceu David Lynx, um DJ que vivia por paixão esta sua atividade como sonho e projeto de vida. Segundo o testemunho deixado nos comentários desta notícia, que desde já agradecemos, o falecimento deveu-se a um acidente de trabalho. David Linx caiu de um telhado e teve morte imediata.

Aqui recordamos, em sua homenagem, a entrevista (corrigida por Jorge Matos Dias) que a Revista Rostos on line publicou, em junho de 2012.

“Desde sempre estive envolvido na noite do Barreiro, foi aqui que vivi as melhores emoções, esta era uma noite onde existe magia nocturna”, referiu David Lynx numa entrevista ao «Rostos», editada em Junho de 2012.

Como iniciou a sua actividade de DJ?

– Foi a paixão pela música que tornou David Lince no D´LYNX. Sempre fui interessado pela mistura e composição de sons, um gosto que despertou em mim desde cedo.
Comecei por experimentar a área de vjay, participando em espetáculos por todo o país, depois formei-me em barman e tive a oportunidade de trabalhar em locais de prestigio como o Queens e a Casa do Castelo, no Algarve. Foi no Algarve que tive o primeiro contacto com equipamento de DJ, bastante motivado pelos DJs Pete Tha Zouk e Vibe. Em 2009, procurei formação na escola PRODJ, onde tirei o curso de DJ com nomes reconhecidos neste universo, como Viriato Muata e Mr. Sanches.

Levar ao rubro o festival FESTA DO AVANTE

Quais os seus habituais locais de actuação?

– Como D´LYNX, tenho uma intensa atividade. No meu curriculum constam participações nacionais e internacionais, no Nobel Club, ARRABIDA KLUB KASTELO, BAR DO PEIXE, Niram ART Bar (Madrid), LIPS BAR SETUBAL, DOSETLARGE, BAIRRAZZA, LISNAVE – B. ALTO LX e em várias FNAC do país.
Posso referir que nos anos de 2010 e 2011, como D´LYNX, marquei a diferença, ao levar ao rubro o festival FESTA DO AVANTE. Foi uma presença que vincou o meu nome e me lançou neste mercado de trabalho. De momento, o LYNX continua a marcar pontos altos na noite. Atualmente, empenho-me em trabalhos como free lancer e, nas várias presenças, penso que continuo a dignificar o nome que adoptei, D´LYNX, que já é uma referência.

Barreiro – uma noite onde existe magia noturna

Qual é a sua opinião sobre a noite no Barreiro? 

– Desde sempre estive envolvido na noite do Barreiro. Foi aqui que vivi as melhores emoções. Esta era uma noite onde existe magia noturna. Atualmente, passados 10 anos de viver a noite do Barreiro, penso que há uma aposta por parte dos estabelecimentos que dão vida à noite barreirense de, cada vez mais, desenvolverem a sua atividade com mais e com melhor qualidade. Para mim, a nossa região tem grande harmonia na sua noite. Tem espaços perfeitos para realizar espetáculos de grande nível. A localização do Barreiro e as suas paisagens, como, por exemplo, a Avenida da Praia são únicas.

A imaginação é o limite

Que projetos pensa desenvolver no futuro com esta sua actividade?

– De momento, vivendo com muita garra o meu projeto, posso afirmar que David Lynx enfrenta a noite com entusiasmo e vingando como discojoker mas, futuramente, tenho a certeza que vou criar umas músicas para correr na rádio e na cabeça dos portugueses, porque, sei, a imaginação é o limite.

Jorge Matos Dias – PlanetAlgarve com Revista Rostos

Categories: Ocorrências, Social

4 replies »

  1. vivo ca ha pouco tempo, mas o senhor faleceu vitima de que? tao jovem até da arrepios.
    qual a causa de seu falecimento?
    obrigada

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.