Algarve

Proibição do caranguejo como isco abre polémica

polvo

No Algarve, a captura do polvo tem andado envolvida em polémica. O problema começou no Verão passado com a entrada em vigor da proibição do uso de caranguejo vivo como isco para a apanha do polvo. Um ano depois, José Agostinho, da Armalgarve Polvo – Associação dos Armadores da Pesca do Polvo do Algarve, queixa-se dos resultados: “Este tem sido um ano de grande abundância de polvo mas o mercado não estava preparado, o Governo não ouviu e não tomou as medidas necessárias e o trabalho, neste momento, não dá rendimento”, sustenta.

Fonte: Público

Imagem: Armalgarve Polvo

NOTA:  Esta posição é contrariada pelo Presidente da Quarpesca – Associação dos Pescadores Armadores de Quarteira, Helder Rita, que comentou esta notícia (ver abaixo) da seguinte forma: “Que grande mentira, esse sr. não sabe o que diz, é por isso que a tutela não liga, quanto mais fala mais se enterra!!!!!”.

Categories: Algarve

1 reply »

  1. Que grande mentira, esse sr, não sabe o que diz, é por isso que a tutela não liga, quanto mais fala mais se enterra,!!!!!

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.