Albufeira

Segurança reforçada em época alta

Executivo reúne com forças de segurança do concelho

A Delegação Marítima de Albufeira, onde opera o Comando Local da Polícia Marítima, foi o primeiro local a ser visitado pelo presidente da autarquia, José Carlos Rolo, pelo vereador do pelouro da Proteção Civil, Carlos Quintino, pelo comandante operacional e pelos serviços municipais, entre outros membros do Executivo. A visita às instalações foi conduzida pelo sub-chefe Paulo Campos que revelou terem registado uma diminuição do número de ocorrências entre janeiro e agosto, bem como um aumento da taxa de sucesso na resolução de problemas referentes a diversos tipos de infrações. “De um total de 112 ocorrências registadas na Capitania do Porto de Portimão, 64 ocorreram em Albufeira e estiveram relacionadas com situações detetadas nas zonas balneares, 14 das quais a bordo de embarcações”, revelou Paulo Campos.

Esta diminuição do número de ocorrências foi também confirmada pelo major Marco Henriques, do Destacamento Territorial da GNR de Albufeira.

“Registámos uma diminuição do índice de criminalidade em comparação com o período homólogo do ano transato. As operações estão a decorrer bastante bem, tendo em consideração o elevado número de pessoas presentes no concelho durante os meses de verão”, referiu o major. O Destacamento de Albufeira dispõe de 94 agentes efetivos, número reforçado entre junho e setembro, com a chegada de mais 25 agentes.

A visita prosseguiu rumo à freguesia de Ferreiras, onde se encontra sedeada uma delegação da Cruz Vermelha Portuguesa (CVP), desde junho de 2012. O coordenador da Estrutura Operacional de Emergência, Jorge Amador, e o seu delegado, Rui Paixão, revelaram estar a atingir os objetivos propostos, conseguindo dar a resposta esperada ao nível da Emergência Médica, Transporte de doentes e Apoio Psicossocial. “Durante este mês registámos 120 serviços de emergência médica, sendo que 70% ocorreram no concelho, assim como temos tido uma média mensal de 1000 serviços de transportes de doentes não urgentes na região, em que a percentagem mais elevada corresponde a Albufeira”, divulga Jorge Amador.

A delegação de Albufeira da CVP dispõe de um corpo técnico composto por 30 operacionais, 90% dos quais residentes no concelho, e conta com o apoio de meia centena de voluntários.

Foi no edifício do Quartel dos Bombeiros Voluntários de Albufeira que o Executivo terminou o programa de visitas, tendo recebido a informação por parte do comandante Luís Zeferino, de que “embora estejamos a ter um grande fluxo de serviço, não temos registado ocorrências de elevada gravidade. Doenças súbitas e quedas, especialmente nas praias, têm sido os principais motivos”, revela o comandante que afirma já terem percorrido mais de 90 mil quilómetros durante os meses de julho e agosto para garantirem assistência a cerca de 1100 ocorrências.

Durante as visitas, José Carlos Rolo deu os parabéns aos diversos agentes de proteção civil pelo esforço e empenho que dedicam à salvaguarda de pessoas e bens no concelho. “É importante que valorizemos o trabalho que as forças de segurança desenvolvem em prol da comunidade. A nossa visita tem precisamente essa finalidade, dar a conhecer, valorizar e recordar que a segurança do concelho de Albufeira, e também do Algarve, deve-se, em grande parte, ao papel desempenhado por todos estes agentes que trabalham em estreita parceria”.

Por sua vez Carlos Quintino, o vereador da Proteção Civil, disse que “no mês em que se estima que estejam mais de 400 mil pessoas no concelho, é importante que o Executivo municipal se inteire junto das forças de segurança acerca dos problemas com que estas se deparam no dia a dia, de forma a que se possam estreitar ainda mais as excelentes relações existentes”.

O Município de Albufeira

Categories: Albufeira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.