Loulé

Noite Branca Algarve 2013 | Mais de 40 mil visitantes despedem-se do verão

Edição mais concorrida de sempre

 

Loulé viveu um dos momentos altos em termos dos eventos que tem acolhido nos últimos anos. Depois de duas edições de interregno, a Noite Branca regressou no passado sábado, 31 de agosto, registando o maior número de visitantes de sempre. Mais de 40 mil pessoas despediram-se do verão num palco gigante pintado de branco – a cidade de Loulé.

O branco foi, de resto, o factor de união entre todos os elementos: os artistas, o público e a própria decoração da cidade que se engalanou para receber esta festa. Da Avenida José da Costa Mealha ao Largo de S. Francisco, passando pelo Monumento Duarte Pacheco, Praça da República, Largo da Matriz ou Castelo de Loulé, vários pontos de animação deram vida à cidade. Mais de 40 bandas e cerca de 150 animadores de rua, desde malabaristas, cuspidores de fogo, andas gigantes, figurantes  e performers trouxeram a música e as artes para a rua, numa constante interação com o público.

Uma banda com os seus elementos suspensos na fachada do Edifício Engº Duarte Pacheco trouxe músicas de Zeca Afonso ou Jorge Palma. A poucos metros, os sons clássicos interpretados pelas guitarras elétricas da Rockestra. No Largo de S. Francisco, o desfile de penteados no Zeza Fashion Show deslumbrou o público. No meio da multidão, um “artista da bola” dava toques ao melhor estilo de Ronaldo. A música dos Beatles ecou na Avenida José da Costa Mealha interpretada pelos The Bottles, acompanhados por um coro de visitantes britânicos. Também os sons festivos dos balcãs marcaram presença em Loulé com a Batida Balkanica que fez dançar o público, tal como os muitos DJs espalhados pela cidade e a Silence Party.

Também os bares que durante o verão animam as zonas turístiscas do litoral marcaram presença na Noite Branca com espaços lounge criados para esta Noite.

Mas se a Noite Branca foi um sucesso em termos de animação do público, o mesmo aconteceu ao nível comercial já que as lojas da cidade estiveram abertas durante esta noite, recebendo muitos compradores noctívagos. Também os restaurantes e bares de Loulé tiveram casa cheia e, mais do que nunca, o impacto na economia local foi bastante positivo.

Em jeito de balanço, o presidente da Câmara Municipal de Loulé, Seruca Emídio, considerou que este regresso da Noite Branca ultrapassou todas as expetativas da organização. “Para além da promoção da imagem da Cidade e do Concelho, a Noite Branca é um evento de extrema importância para o comércio local pelo impacto que tem, pelo que acredito que continuará a fazer parte da programação cultural da região”, disse o autarca.

Fotos: JMD Series

Categories: Loulé

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.