AGENDA

Concurso da Comissão Europeia: “Conceção, implementação, promoção e comercialização de Roteiros Turísticos Acessíveis” | até 22 de outubro

percursos_pedestres

Comissão Europeia está a apoiar plenamente a iniciativa do Parlamento Europeu para a Ação Preparatória “Turismo para Todos”, para o qual está previsto um orçamento total de 1 Milhão de Euros do Parlamento Europeu. Este montante será utilizado para fomentar a implementação de ações que visem aumentar a sensibilização e a divulgação e premiar as melhores práticas, através da melhoria de competências, criação de soluções inovadoras e promoção de mais serviços e instalações acessíveis.

A contribuição máxima da UE por projeto: €125.000. O prazo para submissão online é até às 17h00 (hora de Bruxelas) do dia 22 outubro de 2013.

O concurso “Conceção, implementação, promoção e comercialização de roteiros turísticos acessíveis”, um programa específico da Ação Preparatória “Turismo e acessibilidade para todos”, cujos objetivos específicos são:
– Promover a adaptação de produtos e serviços turísticos para as necessidades das pessoas com necessidades especiais de acesso;
– Promover a igualdade de oportunidades e inclusão social de pessoas com necessidades especiais de acesso;
– Melhorar as competências e formação relacionadas com a acessibilidade na cadeia da oferta turística;
– Ajudar a integração da acessibilidade em todos os segmentos da cadeia produtiva do turismo;
– Promover, comercializar e divulgar as melhores práticas em turismo acessível;
– Prestar apoio e orientação adequada para as PME;
– Melhorar a qualidade e diversificar a oferta de experiências de turismo acessível na Europa.

As propostas devem visar os seguintes resultados esperados:
– Novas parcerias e uma melhor cooperação entre as autoridades locais e as autoridades competentes de turismo e agências, operadoras de turismo, em particular as PME, prestadores de formação e interessados pela temática da ​​deficiência/incapacidade;

– Um maior enfoque na acessibilidade nas agendas do desenvolvimento do turismo local e nas suas estratégias;

– Criação de uma “massa crítica” sobre destinos acessíveis, atrações, locais e serviços relacionados com o turismo, com qualidade e valor;

– Funcionários com formação específica, melhores competências, maiores níveis de satisfação dos viajantes e uma imagem mais positiva dos destinos envolvidos, por forma a aumentar a imagem global da Europa como um destino turístico acessível;

– Atrair mais turistas e manter os fluxos turísticos viáveis ​​na época baixa;

– Retornos positivos para as empresas, especialmente as PME e as microempresas.
Mais informação e candidaturas em http://ec.europa.eu.

Categories: AGENDA, Algarve, Turismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.