AGENDA

Afonso Dias apresenta Recital “Os Modos E Os Olhares” na Biblioteca Municipal | 11 de outubro

Os universos de dois dos mais influentes poetas do século XX português, Fernando Pessoa e António Aleixo, serão cruzados por Afonso Dias através de um recital poético-musical intitulado “Os modos e os olhares” que o reconhecido ator, cantor e músico irá apresentar no próximo dia 11 de outubro, pelas 21h00, na Biblioteca Municipal de Silves.

banner

O espetáculo, produzido pela associação cultural Bons Ofícios, musicado e apresentado por Afonso Dias, tem a duração de uma hora e meia e conta com o apoio da Direção Regional de Cultura do Algarve e da Câmara Municipal de Silves.

O telefone 282 442 112 e o endereço de correio eletrónico biblioteca@cm-silves.pt são os contactos da Biblioteca Municipal de Silves disponíveis para o fornecimento de informação adicional sobre esta iniciativa.

A entrada é livre.

“O que aproxima dois dos mais expressivos e tão, aparentemente, diferentes poetas? Por que diversos ou semelhantes modos se exprimem? Que visões e convicções os iluminam? Que musicalidade os aproxima? Para este encontro convocámos a redondilha maior (verso de 7 sílabas métricas) que ambos cultivaram: Aleixo na generalidade da sua obra; Pessoa no seu “Cancioneiro”. Também os heterónimos maiores – Caeiro, Campos e Reis –, ainda que fugazmente, marcarão presença nesta desgarrada. Esses que habitavam outros universos metafísicos… Pessoa terá o seu espelho de observação interior e provocará Aleixo com motes, para que o algarvio leia a vida dos homens com os seus olhos de ver este mundo. Aleixo exortará Pessoa a viajar pelos labirintos da interioridade e pela graça popular da quadra lisboeta que o poeta tão esmeradamente cultivou”.

Afonso Dias

Mais sobre Afonso Dias….

Afonso Dias tem um longo e valioso percurso na promoção da literatura e música em língua portuguesa, bem como noutras vertentes do mundo cultural. Radicado no Algarve, tem apresentado recitais, concertos e outros formatos afins um pouco por todo o país, publicando cd de poesia dita, participando em peças de teatro (nomeadamente com a ACTA – A Companhia de Teatro do Algarve), dinamizando tertúlias temáticas e colaborando com múltiplas bibliotecas, centros culturais, associações, etc.. É também poeta e ator, tendo sido, como músico, um dos fundadores, em 1974, do GAC – Grupo de Ação Cultural. Colaborou ao longo da sua carreira com artistas como José Afonso, Sérgio Godinho, Francisco Fanhais, Manuel Freire, Pedro Barroso, Tino Flores e José Fanha, tendo editado vários álbuns de estúdio a solo. Foi fundador, em 1999, da Trupe Barlaventina – Jograis do Algarve, com a qual realizou inúmeros espetáculos e gravações de estúdio.

Categories: AGENDA, Silves

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.