Ocorrências

ALBUFEIRA | Turista espanhola violada na discoteca Kiss, GNR detém autor

A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Sul, identificou e deteve um homem pela presumível prática de um crime de violação.
Na madrugada do dia 12 de outubro, no interior da discoteca Kiss, em Albufeira, o suspeito conduziu uma mulher de 28 anos de idade até uma arrecadação contígua à pista de dança, local onde utilizou a força física para manietar e consumar o ato.

O detido, de 26 anos de idade, vai ser presente a interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

Vítima, de 28 anos, garante que foi arrastada para arrecadação onde foi obrigada a fazer sexo

Albufeira

Albufeira

Conheceram-se à entrada da discoteca Kiss, em Albufeira, e, no calor da noite, a amizade recente terminou, de forma agressiva, numa arrecadação junto à pista de dança do espaço de diversão noturna. A vítima, de nacionalidade espanhola, garantiu às autoridades que foi violada e a Diretoria do Sul da Polícia Judiciária (PJ) avançou para a detenção do suspeito.

Tudo aconteceu na madrugada de sábado. A vítima, de 28 anos, ao que o CM apurou, estava acompanhada de um grupo de amigos, também de nacionalidade espanhola, quando conheceu o agressor, de 26 anos e de nacionalidade brasileira, quando entrou na discoteca. Mais tarde, durante a noite de diversão, a vítima assegura que foi arrastada para dentro de uma arrecadação junto da pista de dança do espaço noturno, um dos mais procurados em Albufeira por estrangeiros. Segundo revelou ontem a Polícia Judiciária em comunicado, o suspeito “utilizou a força física para manietar e consumar o ato”.

Ao que o CM apurou, a vítima vestia uma saia nessa noite. O alegado agressor, segundo revelou a turista espanhola rasgou-lhe a roupa interior e forçou-a a ter relações sexuais no interior da arrecadação. Como estava muito barulho dentro do espaço de diversão, ninguém se apercebeu dos gritos.

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial e ficou obrigado a apresentar-se às autoridades três vezes por semana.

Fonte: Rui Pando Gomes / CM

Categories: Ocorrências

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.