Ocorrências

ALJEZUR | Acidente de viação vitima ciclista em Moinho da Légua | Automobilista em fuga já foi detido

Ao final da tarde do dia de quarta-feira, 15 de janeiro, o Núcleo de Investigação de Crimes em Acidentes de Viação (NICAV) do Destacamento de Trânsito de Faro da Guarda Nacional Republicana registou um acidente de viação na Estrada Nacional n.º 120, na zona do Moinho da Légua – Aljezur, entre um automóvel ligeiro de passageiros e um velocípede, do qual resultou uma vitima mortal, um cidadão português de 80 anos de idade, solteiro, condutor do velocípede.

gnr

Após a colisão, o condutor do veículo ligeiro de passageiros colocou-se em fuga, sendo que foram de imediato encetadas diligências no concelho de Aljezur e nos concelhos limítrofes no sentido de localizar o veículo interveniente no acidente e o seu condutor.

Desta forma, durante a tarde do dia de ontem, 16 de janeiro, militares do Destacamento Territorial da Guarda Nacional Republicana de Portimão em colaboração com militares do NICAV do Destacamento de Trânsito de Faro localizaram a viatura no interior de uma oficina da cidade de Portimão, para onde já tinha sido levada pelo seu proprietário com o intuito de ser reparada dos danos sofridos aquando da colisão.

Em seguida, foi localizado o proprietário da viatura, o qual, ao ser confrontado com a ocorrência do dia anterior, admitiu de forma espontânea a sua intervenção no acidente. Trata-se de cidadão de 47 anos de idade, residente no concelho de Aljezur há vários anos, o qual foi constituído arguido e prestou Termo de Identidade e Residência.

Graças ao apurado esforço de pesquisa que foi levado a cabo pelos militares envolvidos na investigação, foi possível, em menos de 24 horas, chegar à viatura e ao condutor interveniente neste acidente.

As investigações complementares relativas ao acidente de viação prosseguem a cargo do NICAV do Destacamento de Trânsito de Faro da Guarda Nacional Republicana.

Por: GNR – Comando Territorial de Faro

Categories: Ocorrências

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.