Algarve

Portal do Utente acolhido com entusiasmo pelos utentes do Centro Hospitalar do Algarve

Campanha nacional de divulgação e demonstração das funcionalidades do Portal do Utente, promovida pelos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde, esteve presente no passado dia 29 de janeiro na unidade de Faro do Centro Hospitalar do Algarve.

​Quem se deslocou ao hospital de Faro na passada quarta-feira foi convidado a conhecer as novas funcionalidades online desta plataforma eletrónica que se propõe a facilitar a relação dos utentes com os serviços de saúde, potenciando uma gestão permanentemente actualizada da informação de saúde de cada utente registado.

Para além de esclarecer acerca dos objectivos e modo de funcionamento do Portal, a ação procurou estimular a adesão através do registo direto dos potenciais utilizadores, que puderam comprovar a rapidez e facilidade do processo, bem como testar a ferramenta.

Segundo as dinamizadoras presentes, a receptividade foi “bastante positiva”, tendo obtido grande adesão entre os utentes que durante o dia passaram pelo hospital. “É útil e facilitador. Vou utilizar, com certeza”, garantia uma das muitas pessoas que aqui efectuaram o seu registo.

Sobre o Portal

Assentes numa base tecnológica intuitiva, as novas funcionalidades favorecem a partilha de informação entre doentes e profissionais de saúde bem como com o próprio Serviço Nacional de Saúde, facilitando a troca de dados clínicos e acelerando processos para os utentes. Para aceder às funcionalidades basta efetuar o registo no Portal do Utente, um processo rápido e de fácil concretização. Com o recurso ao leitor do cartão do cidadão é possível aceder a todos os novos serviços, em ambiente de maior segurança. A partilha de dados depende da autorização do utente.

Entre os serviços disponíveis no Portal do Utente, destaca-se a marcação e o cancelamento de consultas para o utente ou membros do agregado familiar e a gestão da informação clínica, tal como medicação regular, doenças crónicas, resultados de exames, níveis de tensão arterial, colesterol, entre outros. A plataforma permite também partilhar estes dados com os profissionais de saúde, facilitando o acesso à informação em caso de necessidade. É possível ainda solicitar a renovação de receituário crónico, consultar a posição na lista de espera e tempo de espera previsível para cirurgia ou definir contactos de emergência.

Por: Daniela Martins – Assessora de Comunicação do CHA

Categories: Algarve, Faro, Saúde

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.