Albufeira

Túnel de acesso à praia do Peneco já está operacional

A Sotecnisol Engenharia foi a responsável pela obra de Saneamento, consolidação e reabilitação do Túnel pedonal de acesso à praia do Peneco, em Albufeira, promovida pela Administração Regional Hidrográfica do Algarve.

A Sotecnisol Engenharia concluiu o saneamento, consolidação e reabilitação do Túnel pedonal de acesso à praia do Peneco, em Albufeira, promovido pela APA-ARH Agência Portuguesa do Ambiente – Administração Regional Hidrográfica do Algarve.

Esta obra de consolidação teve uma natureza preventiva para evitar o desprendimento de pequenos blocos calcários e fragmentos de rocha natural de pequeno volume, que já se vinha a fazer sentir e que obrigou à colocação de uma estrutura provisória para proteção dos transeuntes.

Ao mesmo tempo, e dada a importância histórica desta estrutura, pretendia-se manter o aspeto de um túnel que foi aberto diretamente na rocha, sem qualquer elemento de sustimento definitivo pretendendo-se, inclusivamente, manter a tonalidade da rocha local que era já uma imagem de marca deste ex-líbris em Albufeira.

A Sotecnisol Engenharia correspondeu a todas as exigências e encontrou soluções para todos os imprevistos que se deparam normalmente numa obra de reabilitação, fruto da sua grande experiência e Know-how em obras desta natureza.

A intervenção teve como principais tarefas, a preparação das superfícies em pedra e outros materiais colocados ao longo dos anos, o desmonte de alguns elementos pouco aderentes, a projeção de betão por via seca com fibras metálicas para uma melhor consolidação e aproveitamento do efeito de arco do túnel e a finalização com acabamento à cor ocre para manter o aspeto e tonalidade original. A funcionalidade do túnel foi também melhorada, nomeadamente no que concerne à sua limpeza, tendo sido colocada uma fileira de pedra basáltica ao nível do pavimento para prevenir a entrada de águas entre o pavimento e os hasteais do túnel, protegendo essa zona.

Valdemar Lebre, Diretor Geral da área de Engenharia, afirmou a este propósito: «Este tipo de intervenções caracterizam-se pelo seu elevado grau de complexidade, principalmente quando se pretendem efetuar intervenções muito intrusivas, mantendo o nível de serviço das infraestruturas uma vez que, no caso presente, foi necessário manter o túnel em serviço por se tratar do único acesso a esta praia visitada por muitos turistas durante todo o ano, e que constituía um dos requisitos do projeto. Apesar das dificuldades associadas, o desafio foi integralmente superado”. E acrescenta ainda, «a larga experiência e know-how da Sotecnisol Engenharia permitiu a realização de mais um projeto que contribuirá, neste caso, para a satisfação da população de Albufeira e de todos quantos a visitam».

RESENHA HISTÓRICA DO PROJETO

As obras de abertura do túnel foram executadas entre os anos de 1932 e 1936 sob os auspícios de uma denominada “Comissão Municipal de Iniciativa de Albufeira” com projeto e supervisão do Engº. Duarte Pacheco.

Concluídas em 1936, foram executadas numa arriba talhada em calco arenitos friáveis a que se atribui idade miocénica (entre 23 a 5 milhões de anos). Apresentam-se como rochas brandas com alguma fracturação constituindo, de certo modo, um aglomerado de pequenos blocos com uma baixa tensão “in situ”.

Salvo melhor conhecimento, naturalmente existente e que não foi possível aprofundar, constatou-se que as obras então realizadas, no essencial, deixaram à vista a rocha natural, tanto na “abóbada” como nas paredes do túnel. Foram apenas executados alguns “refechamentos” pontuais utilizando pequenas pedras sobrantes, provenientes dos trabalhos da tunelação, que se recolocaram com argamassas pobres de cal e areia.

Posteriormente e tendo como causa provável a construção, em 1965, do edifício do hotel “Sol e Mar” foram efetuados alguns reforços estruturais apenas nas entradas Norte e Sul do túnel, tanto com a utilização de estruturas em lajes constituídas por elementos pré-fabricados (vigotas de betão e abobadilhas de barro cozido) como por betonagens “in situ”, com a utilização de aduelas de ferro com o perfil completo do túnel.

Categories: Albufeira

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.