Albufeira

IX Mostra do Folar de Paderne deliciou visitantes (9 fotos)

Paderne, aldeia histórica do Concelho de Albufeira, celebrou a Páscoa com a VII Mostra do Folar, que decorreu nos dias 12 e 13 de abril. Mostra de doces confecionados artesanalmente pelos participantes, com particular destaque para o folar, que lhe dá o nome. A Feira teve, ainda, várias tasquinhas, com petiscos, contou com animação musical, configurando uma mostra de cultura e tradição regionais.

Paderne voltou a receber a Mostra do Folar. Os visitantes da nona edição do evento tiveram a oportunidade de apreciar este caraterístico doce da Páscoa e alguns dos mais típicos pratos da gastronomia local, enquanto assistiam aos espetáculos musicais agendados para os dois dias de festa. Destaque também para o artesanato com o Atelier do Artesão com Carla Matias, entre outros.

O evento, uma iniciativa da Junta de Freguesia de Paderne, com o apoio da Câmara Municipal de Albufeira e de associações locais, teve lugar no parque de estacionamento junto ao Estádio João Campos.

A Feira do Folar de Paderne é uma mostra de doces artesanais produzidos pelas associações participantes no certame, onde também não faltam as tasquinhas com comida típica e muita animação.

O folar, considerado o pão da Páscoa em Portugal, é confecionado de diferentes formas consoante as regiões do país. Em Paderne, a tradição dita que este doce típico tenha como ingredientes a canela, a banha, a erva-doce e o açúcar, que se juntam à massa de pão. No topo é colocado um ovo cozido e, antes de ir ao forno, o bolo é pincelado com gema de ovo, que lhe confere uma cor e brilho especiais.

Além desta iguaria caseira apreciada pelas gentes do Barrocal algarvio, a mostra contou ainda com espetáculos de música e danças tradicionais. O primeiro dia foi abrilhantado com as atuações do duo Rui & Miguel com música para dançar, do Rancho Folclórico Danças e Cantares de Paderne e das acordeonistas Carolina e Marlene Anastácio.

Já no domingo, subiram ao palco a banda Déjà Vu, as Moças Nagragadas e o acordeonista Francisco Sabóia.

Por: Jorge Matos Dias / PlanetAlgarve

Categories: Albufeira

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.