Albufeira

Manuel dos Santos Serra lança “RETALHOS DE CIDADANIA – Fragmentos de uma época”

A Biblioteca Municipal Lídia Jorge, em Albufeira, acolheu no de 29 de março a apresentação do novo livro de Manuel dos Santos Serra, “Retalhos de Cidadania – Fragmentos de uma época”, editado pela editora Caleidoscópio. A obra foi apresentada por Maria de Fátima Nunes (Editora Caleidoscópio), Marlene Silva (vereadora da Cultura na CMA), Carlos Silva e Sousa (presidente da Câmara Municipal de Albufeira), Manuel Santos Serra (autor) e Filipe Madeira (conhecido ex-político louletano, amigo de sempre do autor).

Com uma vasta obra literária publicada, “Retalhos de Cidadania – Fragmentos de uma época” é o mais recente livro do autor. A obra é composta por textos dispersos que foi escrevendo ao longo dos anos. “Em diferentes contextos, interveio sobre acontecimentos sociais e políticos e culturais, observados sempre por princípios éticos, morais, de tolerância e liberdade que fazem dele uma personalidade distinta da nossa sociedade”.

Médico e poeta. Com apenas sete anos de idade foi residir para Albufeira, razão pela qual sempre se sentiu algarvio. Estudou no Liceu de Faro e concluiu o curso de Medicina, em 1950, em Coimbra. Foi sempre bastante interveniente nas tertúlias em que participava, defendendo os valores do humanismo, da liberdade e da democracia. Colaborou no jornal do Médico, publicou regularmente nos jornais regionais, publicando crónicas de intervenção política e contos. Após a revolução de Abril de 1974 foi diretor do Centro de Saúde de Albufeira, desde 1975 a 1997, e durante três mandatos (1983-87, 1992-96, 1997-2001) presidente da Assembleia Municipal de Albufeira. Pertence à Ordem dos Médicos, à Associação Portuguesa de Escritores, à Associação de Escritores Médicos, à Associação de Escritores e Jornalistas do Algarve, ao Círculo Teixeira Gomes e à Associação dos Amigos de Albufeira.

Nos seus livros, entre o real e a utopia espraiam-se os versos, por vezes longos, por vezes curtos, sem respeitar cânones nem limites.

OBRAS PRINCIPAIS

Romance Residual, 1991

A Desordem da Harmonia, 1992

Mosaico de Palavras Oblíquas, 1997

Sobreposições, 2001

À Sombra do Silêncio, Caleidoscópio, 2005

Albufeira – 1950, Caleidoscópio, 2007

O Olhar das Palavras, Caleidoscópio, 2007

O Labirinto de Memórias, Caleidoscópio, 2009

Pomar de Pedras, Caleidoscópio, 2011

Miradouro do Tempo, Caleidoscópio, 2013

Por: Jorge Matos Dias / PlanetAlgarve

Categories: Albufeira

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.