Desporto

1.ª etapa da Volta a Portugal | Hernâni Broco (Louletano – Dunas Douradas) mantém lugar e diferença

Vicente de Mateos foi o melhor do Louletano – Dunas Douradas na meta da 1.ª etapa, chegando no 12.º lugar com o mesmo tempo do vencedor.

Na geral, o melhor do Louletano – Dunas Douradas continua a ser Hernâni Broco, em 23.º lugar, a 33 segundos para o camisola amarela.

Por equipas, o Louletano – Dunas Douradas mantém a 13.ª posição.

Manuel Cardoso na 2.ª posição

Manuel Cardoso, da equipa Banco BIC/Carmim/Tavira, alcançou a segunda posição na primeira etapa em linha da Volta a Portugal Liberty Seguros, com o mesmo tempo do vencedor, o alemão Phil Bauhaus (Team Stolting).

A equipa luso/angolana Banco BIC/Carmim/Tavira, com aspirações a vencer hoje através do sprinter Manuel Cardoso, impôs o ritmo ao quilómetro 134, assumindo as despesas da corrida na caça aos fugitivos que se impuseram desde os momentos iniciais da tirada. Destaque para os atletas angolanos Igor Silva e Dário António, que prestaram forte contributo para que a fuga fosse anulada a 16,8 quilómetros da chegada.

Manuel Cardoso cortou a linha da meta em segundo lugar e não poupou elogios aos companheiros: “Estivemos na discussão da etapa, a equipa trabalhou para que eu pudesse ganhar, e estivemos muito bem, mas tive um adversário mais forte”, desabafou o atleta que, no entanto, acredita que “certamente haverá outras oportunidades para lutar pela vitória”.

João Pereira é o corredor da formação luso/angolana que subiu mais alto na tabela da classificação geral individual, na 22.ª posição, a 33 segundos do líder Victor de la Parte (Efapel/Glassdrive).

Coletivamente, a formação tavirense subiu ao 4.º lugar.

Pódio final da 1.ª etapa

Pódio final da 1.ª etapa

Phil Bauhaus conquistou ao sprint a 1.ª etapa da 76.ª Volta a Portugal Liberty Seguros. NaMaia, cidade Europeia do Desporto, o germânico do Team Stolting foi mais forte e cruzou o risco de meta à frente de Manuel Cardoso (Banco BIC/Carmim) que entrou na discussão final da tirada, mas acabou por não conseguir acompanhar o ritmo do alemão nos últimos metros. A “Cidade do Lidador” assistiu a um verdadeiro espetáculo protagonizado por muitos sprinters, 12 anos depois da última passagem da Volta pelo município. No topo da Av. D. Manuel II o italiano Davide Vigano (Caja Rural) foi terceiro classificado. A vitória alemã não alterou a Camisola Amarela Liberty Seguros do espanhol Victor de La Parte (Efapel/Glassdrive) que manteve a liderança com 4 segundos de vantagem sobre Gustavo Veloso (OFM/Quinta da Lixa).

Etapa animada por quarteto fugitivo

O início da primeira etapa em linha da 76.ª Volta a Portugal Liberty Seguros não correu bem ao espanhol líder da classificação. Depois da saída de Lousada, La Parte e mais alguns corredores já estavam no chão devido a queda e ainda nem tinham feito cinco quilómetros. Antes, já Luís Afonso (LA Alumínios/Antarte) tinha dado o mote para a fuga que seria protagonizada ao longo de muitos quilómetros. Para além de Luís Afonso o quarteto deste “concerto” foi integrado por Samuel Magalhães (Seleção Portuguesa), Pablo Torres (Burgos BH) e Kazushige Kuboki (Team Ukyo).

Com o passar dos quilómetros, Afonso assumiu-se como o verdadeiro “maestro” do grupo. Os sucessivos ataques do corredor da equipa de Paredes mantiveram o pelotão quase sempre a três minutos, mas o trabalho feito em grande parte pela equipa algarvia Banco BIC/Carmim na cabeça do pelotão deu resultados. Depois de quase 150 quilómetros, os fugitivos começaram a descair ao grande grupo. Samuel Magalhães foi o primeiro, mas Pablo Torres e Kazushige Kuboki também abdicariam da fuga. Ainda assim o espanhol da equipa de Burgos foi quem mais faturou. Ao vencer o único Prémio de Montanha ganhou a camisola azul PODIUM. Luís Afonso entretanto recusava render-se às evidências, até que foi alcançado depois de 165 Km em fuga. A persistência valeu-lhe o prémio de mais combativo do dia. Com a conquista da etapa, Phil Bauhaus vestiu a Camisola Vermelha Banco BIC da classificação por pontos e a Camisola Branca RTP para o melhor jovem continuou na posse de Ruben Fernandez da equipa Caja Rural.

Classificacoes 1 Etapa – 76 Volta Portugal Liberty Seguros

2.ª Etapa – 1 agosto 2014
Gondomar – Braga (171,8 Km)
Hora da Partida – 12h30

O terceiro dia de prova da 76.ª Volta Portugal Liberty Seguros, que conta apenas como a segunda tirada, vai correr-se entre o “Reino da Filigrana” e a “Cidade dos Arcebispos”, com início às 12h30. Antes de findar os 171,8 Km, o pelotão terá de cumprir um circuito de duas voltas, uma no Bom Jesus e outra no Sameiro, algo inédito numa etapa intermédia que irá provocar as primeiras grandes diferenças. A chegada à Av. da Liberdade, em Braga, deverá acontecer próximo das 17h20.

Por: Jorge Matos Dias / PlanetAlgarve com Organização

Categorias:Desporto, Loulé

PlanetAlgarve

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s