Ocorrências

ALBUFEIRA | Início de noite caótica na Oura

O início da noite de ontem, na Avenida dos Descobrimentos, na zona da Praça de Touros, em Albufeira, foi caótico. Junto à Praça de Touros, manifestava-se um grupo contra as touradas. Como medida de segurança, a GNR decidiu cortar o acesso à rua.

Já os manifestantes estavam no local, um grupo de 3 jovens saltou o muro por trás, juntando-se aos manifestantes, supostamente para passarem despercebidos. Não obstante, os agentes da GNR no local aperceberam-se da situação e abordaram os jovens, que disseram não ter identificação. Perante esta situação, foi chamada ao local uma nova viatura da GNR que transportou os jovens para o Posto da GNR de Albufeira para averiguações sobre a situação dos 3 jovens no local, uma área de árvores e arbustos junto a um empreendimento turístico.

Para “compor o ramalhete”, do outro lado da avenida, um táxi imobilizado, devido a avaria, bloqueava uma faixa de rodagem, condicionando a principal entrada da cidade a apenas uma via, numa hora de grande movimento, provocando forte congestionamento do tráfego automóvel, situação que apenas foi resolvida com a chegada do reboque que retirou o táxi da via.

Já uns minutos antes, um acidente de trânsito na Rotunda das Minhocas, a apenas algumas centenas de metros dali, condicionou igualmente o trânsito automóvel no local.

Acidente na Rotunda das Minhocas

Acidente na Rotunda das Minhocas

Um fim de tarde / princípio de noite para esquecer na cidade de Albufeira.

Para recordar apenas a Manifestação Anti-Touradas, bem como todas as que se devem seguir até à proibição total deste tipo de espetáculo desumano que vai contra a evolução da Humanidade, cada vez mais sensível aos problemas dos outros, das minorias, da violência doméstica, da pedofilia, do bulying, dos perigos das Redes Sociais, com cada vez mais preocupações ambientais, com a reciclagem, com as alterações climáticas mas também muito atenta e sensibilizada para com a defesa da Natureza e da vida animal. Vá-se lá saber porquê, as Touradas continuam teimosamente a existir, provavelmente a respaldo dos lóbis do setor. Num país que, estranhamente, já proibiu animais nos circos para “prevenir eventuais maus tratos animais”, defendem os políticos legisladores. E nas Touradas, senhores? Não há maus tratos animais?

Por: Jorge Matos Dias / PlanetAlgarve

Categories: Ocorrências

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.