Quarteira

Desfile de trajes típicos e danças de Angola pelo Grupo Kwanzas (88 fotos)

Numa iniciativa da Junta de Freguesia de Quarteira e da APALGAR – Associação de Amizade dos PALOP no Algarve, o Grupo Kwanzas proporcionou ontem (29 de agosto) à noite um belíssimo espetáculo cultural que incluiu um deslumbrante desfile de trajes típicos de Angola e danças típicas angolanas.

A iniciativa teve lugar na Rua Vasco da Gama, junto ao Centro Autárquico de Quarteira e contou com uma vasta moldura humana onde a tónica dominante foram os fortes aplausos, vibrantes ovações e muitos sorrisos. Uma noite bem passada e muito apreciada por residentes e veraneantes.

Em declarações ao PlanetAlgarve, o presidente da APALGAR, Filipe Viegas, sublinhou que esta iniciativa “partiu da D. Margarida José Domingos, angolana, que faz parte da APALGAR, associação que tem estado sempre pronta para apoiar este tipo de festas e não só. Tivemos aqui cerca de 600 pessoas a assistir e toda a gente vai com um sorriso de orelha a orelha. Inclusive, houve pessoas que chegaram a chorar, relembrando os tempos em que viveram em Angola. Foi muito bom. É preciso não esquecer que esta festa é única entre as muitas que se fazem aqui em Quarteira. O mais importante, para mim e para todas estas pessoas que aqui estiveram, foi a beleza desta festa, proporcionada pelas bailarinas Kwanzas, um grupo da responsabilidade da D. Margarida, e este desfile de trajes típicos angolanos, também com a participação de elementos masculinos. Estes grupos independentes, para atuarem, deslocam-se à associação para conseguir algum subsídio ou apoio para estas iniciativas poderem ser uma realidade. De outra forma, é sempre muito difícil promover festas desta natureza pela grande despesa que implicam. Tivemos um grande apoio da Junta de Freguesia de Quarteira, na pessoa do seu presidente, Telmo Pinto, e tivemos também o apoio do Consulado de Angola em Faro. Não pudemos contar com a presença do cônsul, o Dr. Filipe Galiano, porque está em viagem, mas tivemos aqui presentes os vice cônsules Isaías Cerca e Alberto Zeferino, que agradeceram muito elogiaram muito esta festa, dizendo mesmo que não esperavam que fosse tão boa. Agora, esperamos que para a próxima ainda se faça melhor”.

Após o espetáculo, o grupo Kwanzas promoveu uma festa que incluiu uma ceia de gastronomia angolana, onde se destacou a Cachupa e o Calulu de Peixe, entre outras iguarias. A noite prolongou-se com música para dançar.

Os presentes foram ainda brindados com um poema da autoria de Margarida José Domingos, declamado de forma magnífica pela jovem talentosa Isaurina João. Um poema dedicado à cidade de Quarteira e a Fernando Rocha, fundador e 1.º presidente da APALGAR, prematuramente desaparecido, que muitas saudades deixou na comunidade quarteirense e nas diversas comunidades africanas residentes em Quarteira.

Por: Jorge Matos Dias / PlanetAlgarve

Categories: Quarteira

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.