Quarteira

Via Distribuidora Norte de Quarteira | Obra estruturante para a cidade arrancou hoje

Depois do arranque da obra do “Passeio das Dunas” (requalificação da Zona Costeira de Quarteira/Vilamoura) e do anúncio da reabilitação do antigo edifício dos Bombeiros Municipais para integração do novo posto da GNR (Subdestacamento de Quarteira), teve hoje início a empreitada da Via Distribuidora Norte de Quarteira.

“Em apenas uma semana a Câmara Municipal anunciou um investimento público na ordem dos 5,5 milhões de euros nesta cidade”, disse o presidente da Autarquia louletana, Vítor Aleixo, durante a assinatura do auto de consignação, congratulando-se com o facto de, num curto lapso de tempo, ao fechar um ano de atividade, estarem no terreno todas estas obras. “Esta é uma prova clara que valorizamos muito o papel da malha urbana Quarteira-Vilamoura tão importante para a economia do Concelho de Loulé e do turismo algarvio. Estas e outras surpresas que anunciaremos mais à frente aos quarteirenses permitem-nos estarmos perfeitamente serenos, tranquilos e com a consciência de que estamos a cumprir o nosso dever, a saber gerir os dinheiros públicos com retidão e honradez e com total dedicação à causa pública”, considerou o edil.

A Via Distribuidora Norte de Quarteira, prevista no Plano no Plano de Urbanização Norte-Nordeste da cidade, será uma nova avenida com cerca de 1022 metros e compreenderá três rotundas: uma na interseção com a Avenida de Ceuta, outra intermédia, sensivelmente a meio do troço, que fará a ligação com a Rua da Pernada, e outra na interseção com a EM527, entre o Parque de Campismo e a Fonte Santa.

Terá características acentuadamente urbanas, desempenhando um papel estruturante numa zona de carácter predominantemente urbano, constituindo simultaneamente uma variante exterior ao núcleo urbano de Quarteira, interligando dois eixos fundamentais de penetração na cidade: a EN396 (através da Avenida de Ceuta) e a EM 527 (Almancil-Quarteira).

O valor da obra é de cerca de 1,7 milhões de euros e o prazo de execução previsto de 300 dias.

Refira-se que esta obra foi candidatada a fundos comunitários conjuntamente com a empreitada do prolongamento da Avenida Sá Carneiro à Fonte Santa, ainda em execução, num valor total de 2,2 milhões de euros, sendo que a Câmara Municipal de Loulé já recebeu 1,350 milhões de euros. “Temos prazos muito apertados pois a possibilidade de usarmos dinheiros comunitários encerra dia 30 de junho de 2015. Como tal temos que acabar esta obra num tempo muito breve”, frisou, apelando ao esforço do consórcio responsável pela execução da obra.

Em tom crítico, Vítor Aleixo referiu o facto da Via Distribuidora ter sido adjudicada em abril de 2009, com visto do Tribunal de Contas desse mesmo ano, mas só agora terem arrancado os trabalhos, para além de até outubro de 2013 não ter havido qualquer terreno alvo de negociação ou expropriação para a construção da via.

Por: Município de Loulé

Categorias:Quarteira

PlanetAlgarve

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s