Lagos

Presidente da Câmara de Lagos é Cidadã Honorária de Cidade Velha (Cabo Verde)

A Presidente da Câmara Municipal de Lagos, Maria Joaquina Matos, foi distinguida com o título de Cidadã Honorária de Cidade Velha, nas comemorações do Dia do Município de Ribeira Grande de Santiago (Cidade Velha). Nesta deslocação a Cabo Verde a autarca foi também nomeada “madrinha” de uma escola.

A atribuição, que decorreu no passado dia 31 de janeiro – Dia do Município de Ribeira Grande de Santiago -, é, de acordo com aquela autarquia, dada, anualmente, a pessoas relevantes da área da Política, Cultura, Desporto, Economia e da Sociedade, tanto nacionais como estrangeiros, que tenham contribuído e apoiado ao desenvolvimento da Cidade Velha.

Os títulos foram entregues durante a sessão solene da Assembleia Municipal alusiva ao Dia do Município da Ribeira Grande de Santiago, localidade mais conhecida por “Cidade Velha”, Património Mundial da Humanidade desde 2009. A cerimónia contou com a presença do Primeiro-Ministro de Cabo Verde, José Maria Neves, presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande de Santiago, Manuel Monteiro de Pina, presidente da Assembleia Municipal de Ribeira Grande de Santiago, Domingos Veiga Mendes, Embaixador de Portugal, Bernardo Lucena, deputados municipais e nacionais, Presidentes de Câmaras e demais representantes institucionais.

Além da Presidente da Câmara Municipal de Lagos, o município da Ribeira Grande de Santiago atribuiu idêntico estatuto ao autarca de Moura, Santiago Macias, ao primeiro-ministro cabo-verdiano, José Maria Neves, ao antigo chefe de Governo Gualberto do Rosário e ao jornalista da Rádio de Cabo Verde, António Silva Roque.

No discurso que proferiu, a Presidente da Câmara Municipal de Lagos, Maria Joaquina Matos agradeceu a distinção que recebeu e enalteceu as estreitas relações entre Lagos (Portugal) e Ribeira Grande de Santiago (Cidade Velha), lembrando que “duram já há alguns anos”. Em abril de 2010 foi assinado um Acordo de Geminação que veio, segundo a Presidente, “reforçar o Acordo de Cooperação e Colaboração, estabelecido em agosto de 2006, dando assim simbolicamente corpo aos laços do passado histórico que partilhámos, no aprofundamento das relações institucionais estabelecidas, do conhecimento das identidades culturais locais, das tradições, costumes e memórias históricas que vivemos ao longo de vários séculos”.

Joaquina Matos terminou a sua intervenção deixando o compromisso de que iria ser reforçado o acordo de geminação existente (iniciado pelo seu antecessor nos destinos da autarquia de Lagos, Júlio Barroso) e deixando a certeza de que “a nossa orientação política para as geminações continuará a privilegiar a lusofonia, pelo passado que nos une, e pelo presente e futuro que precisamos de conquistar, em conjunto”.

Durante esta deslocação a Cabo Verde, Maria Joaquina Matos foi, igualmente, nomeada “madrinha” da EBI (Escola Básica de Ensino) de Calabaceira de Cidade Velha. A autarca, acompanhada pelo Presidente da Câmara de Ribeira Grande de Santiago, Manuel Monteiro de Pina, visitou a localidade de Calabaceira, onde distribuiu 48 “kits escolares” aos alunos daquele estabelecimento de ensino.

Por: Câmara Municipal de Lagos

Categories: Lagos

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.