Quarteira

“Modus, Vivendis”, pela Associação Artística Satori, no Centro Autárquico de Quarteira (44 fotos)

Em mergulho p´lo universo de memórias e de fragmentos esparsos, ecos de mundos duais chegaram-nos, gritantes! São estórias vivas de personagens atípicas que vivem nas lembranças e nas brincadeiras das crianças. São estórias que nos relembram que o tempo não para. Como quem tece uma colcha feita de retalhos da vida, onde cabem medos e sonhos, risos e choros, miséria e fé, assim é Modus Vivendi, a peça de teatro que a Associação Artística Satori, de Salir, levou na tarde ontem, sábado, dia 28 de março, ao palco do Auditório do Centro Autárquico, inserido no CENÁRIOS – X Mostra de Teatro de Loulé.

Uma peça surpreendente com uma encenação e uma coreografia deslumbrantes e um texto fabuloso que nos remete para figuras do imaginário louletano. Mas também uma forte crítica à sociedade de consumo dos nossos dias, onde não fltaram as quadras do poeta António Aleixo. Um momento que mereceu fortes aplausos e vibrantes ovações do público presente.

Oito companhias de teatro e dez peças levam o melhor do teatro a Loulé entre os dias 7 de março e 26 de abril. O CENÁRIOS – X Mostra de Teatro de Loulé é uma iniciativa promovida pela Câmara Municipal de Loulé que pretende promover o teatro junto de vários públicos e, simultaneamente, incentivar os grupos de teatro do Concelho a prosseguirem o seu trabalho, através da atribuição de uma Bolsa de Apoio ao Teatro.

Este ano participam na Mostra a Associação Artística Satori, Teatro Análise de Loulé, Teatro da Estrada, Arte de Viver – Universidade Sénior e Ao Luar Teatro, em representação das companhias do Concelho, e os grupos profissionais A Barraca, Água Ardente Produções Teatrais e Companhia Caótica.

Por: Jorge Matos Dias / PlanetAlgarve

Categories: Quarteira

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.