Algarve

José Matos Rosa, na comemoração dos 40 Anos do PSD/Algarve: “Estes quarenta anos demonstraram que o PS acaba sempre por pedir ajuda externa”

Foi perante um grande número de militantes e simpatizantes que José Matos Rosa discursou no sábado, 25 de Abril de 2015, na sessão de comemoração dos 40 Anos do PSD/Algarve que se realizou em Portimão.

O secretário-geral do PSD começou a sua intervenção por referir a importância das comemorações dos 40 Anos de Democracia, 40 Anos de PSD, que terminarão no próximo dia 6 de maio, em Lisboa, na Aula Magna: “As comemorações que se desenrolaram durante este último ano constituíram um momento de grande mobilização de todas as estruturas partidárias, como aqui em Portimão”, disse.

José Matos Rosa aproveitou a oportunidade para referir que a actual situação económica e financeira que Portugal atravessa é hoje “uma rota bem distinta da que encontrámos quando formámos Governo”, uma vez que “hoje há motivos para ter esperança”:

“O caminho que trilhámos com os Portugueses teve momentos de dificuldade, mas há uma conquista que é confirmada pelos factos: um País que se encontrava em 2011 à beira da bancarrota é hoje um país em crescimento”, afirmou.

Sobre a proposta apresentada pelo Partido Socialista esta semana, José Matos Rosa foi firme: “A proposta política do Partido Socialista deita fora tudo o que Portugal conquistou e teria como consequência um regresso acelerado a uma situação económica de catástrofe iminente”: “Os quarenta anos de democracia demonstram que o Partido Socialista, quando forma Governo, acaba sempre por pedir ajuda externa ou com o País num pântano. Esta é a história que se tem repetido. Esta é a história do partido que tudo gasta e deixa a conta para o próximo”, destacou.

O secretário-geral do PSD ainda reforçou que hoje “o nosso caminho é para o futuro. É um futuro que estamos a construir juntos e que nos liberta dos erros do passado. O nosso caminho é o caminho do crescimento seguro e responsável”.

Marcelo Rebelo de Sousa, antigo líder social-democrata, também esteve presente.

Por: PSD Algarve

Categories: Algarve, Portimão

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.