S. Brás de Alportel

Serra de São Brás de Alportel tem novos vigilantes

O território serrano de São Brás de Alportel tem desde ontem, dia 6 de agosto, um reforço na vigilância aos incêndios florestais, uma conquista alcançada com o protocolo de cooperação estabelecido entre a Câmara Municipal e o Exército Português.

Dando continuidade às políticas de prevenção de incêndios, a Câmara Municipal reiterou a importância da colaboração, iniciada no ano passado, com o exército português. Face a uma primeira  informação do Exército Português sobre a existência de constrangimentos impeditivos da realização do protocolo, a câmara municipal argumentou junto do Ministério da Defesa Nacional a premência do mesmo e, em boa hora, foram reavaliadas as condições e validada ainda em tempo útil a parceria profícua entre estas duas entidades.

Esta boa prática, assente no patrulhamento do território serrano, é a primeira etapa na luta contra os incêndios florestais, visto sensibilizar as populações para  comportamentos positivos e diminuir a probabilidade de ocorrências. O território são-brasense é constituído, na sua maioria, por serra, um património natural e que importa salvaguardar e que representa também uma das principais fontes de riqueza económica do município.

A parceria com o Exército Português integra as ações previstas no Plano de Prevenção de Incêndios Florestais 2015 garantindo um reforço na vigilância, com a circulação diária de duas viaturas do Exército de Tavira, com militares em permanência e respetiva guarnição, 24 horas por dia, até ao final do período crítico.

A defesa do território e a segurança da população são encaradas como prioritárias para a Câmara Municipal de São Brás de Alportel que com esta medida pretende garantir uma resposta eficaz na prevenção dos incêndios florestais.

protocolo_exercito_sba

Categories: S. Brás de Alportel

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.