AGENDA

NOITE BRANCA LOULÉ 2015: Expensive Soul, Capicua, Mia Rose, Marta Ren, White Haus e Da Chick confirmados | 29 de agosto

Expensive Soul, Capicua, Mia Rose, Marta Ren, White Haus e Da Chick são os nomes que a organização da Noite Branca avança para a edição de 2015 que acontece já no próximo sábado, 29 de agosto, no centro da cidade de Loulé.

A festa oficial de despedida do verão sai para a rua a partir das 19h35 e conta com um vasto programa de animação que vai desde as performances de rua, aos espetáculos, arte urbana e música. Muita música, não só chill out cujas sonoridades estão associadas ao conceito desta festa, mas também DJs e algumas das bandas que estão na vanguarda da música nacional.

Os Expensive Soul, grupo português com um género de música muito próprio, inspirado pelo soul, funk, R&B, 2-step, hip-hop e reggae e que conquistaram muitos fãs com as suas prestações ao vivo, letras em português e com a atitude com que se dedicam ao que fazem, irão passar por Loulé para um concerto que fará certamente jus ao seu carisma em palco.

“Vayorken” será garantidamente o tema de Capicua – alter ego da portuense Ana Fernandes – que miúdos e graúdos poderão ouvir no espetáculo da artista em Loulé. Foi em 2012 que Capicua editou o seu primeiro álbum em nome próprio, com selo Optimus Discos, e conseguiu atingir novos públicos, surpreender a crítica e ganhar destaque nas mais prestigiadas listas de melhores discos do ano. Em 2014, “Sereia Louca” precipitou uma longa lista de concertos pelos principais palcos e festivais do país, faz crescer um público cada vez mais diverso, confirmando o lugar de Capicua como um dos maiores talentos da nova música portuguesa e uma das mais incontornáveis artistas da sua geração.

A cantora, compositora e atriz luso-inglesa Mia Rose junta-se a esta festa em tons de branco. A artista atingiu o sucesso através do site de partilha de vídeos YouTube, onde rapidamente subiu ao topo dos artistas mais visionados de todos os tempos. Da net para o palco, Mia Rose lançou-se igualmente numa carreira na televisão. Em inglês e em português, traz a Loulé alguns dos hits que a lançaram no panorama musical nacional e internacional.

Com presença confirmada na festa oficial de despedida do verão algarvio, Marta Ren é uma das mais carismáticas vozes da nova música portuguesa. Fundadora dos Sloppy Joe, saudosa banda de culto portuense, que explorou, como ninguém entre nós, os territórios jamaicanos, partindo do Ska, do Reggae e do Dub para nos dar uma visão extremamente original da música a que chamamos do mundo, Marta Ren fez ainda parte dos desconcertantes Bombazines e do colectivo Movimento, antes de se lançar, em definitivo, numa carreira em nome próprio. Depois de, através das inúmeras colaborações que assinou no universo do Hip Hop, dos Dealema a Sam the Kid, passando por New Max, NBC ou Link, se ter afirmado como uma das grandes vocalistas Soul nacionais e de ter dado dezenas de memoráveis concertos com os Funkalicious, banda que liderou e que se dedicava à recuperação dos grandes clássicos Funk dos 60 e 70, Marta Ren decide investir na sua grande paixão por estes grandes géneros da música negra.

Projeto a solo de João Vieira, DJ Kitten/vocalista e guitarrista dos X-Wife, White Haus mistura, de forma original, géneros como pop eletrónica, o proto-Tecno de Detroit e dos Cybotron, o mais ou menos ácido House dos primeiros anos de Chicago, o Prince e a geração dourada do R&B de Minneapolis e todo o pós-Punk. No próximo sábado Loulé vai dançar ao som de “The White Haus Album”, o trabalho de estreia lançado no mês de junho, e que ilustra bem a qualidade de uma das bandas da vanguarda da música portuguesa.

Teresa Freitas de Sousa é Da Chick, uma das artistas mais promissoras do panorama musical português, que também vai estar em Loulé. Em 2012 editou o seu primeiro EP Curly Mess – uma mistura de funk, disco e muita rebeldia. No seu currículo já conta com uma atuação vencedora no Optimus Live Act e várias colaborações com outros artistas como Peaches, Cavaliers of Fun e Memória de Peixe bem como presenças no estrangeiro acompanhada pela The Discotexas band – a sua “banda mãe” como lhe chama.

A poucos dias da Noite Branca está já a ser preparada toda a decoração do recinto onde irá decorrer um dos mais importantes eventos do verão português, pioneiro no país, que atrai à cidade de Loulé milhares de visitantes.

Uma vez que esta iniciativa pretende também promover o comércio local, nesta noite a ACRAL, em parceria com a Autarquia, leva a cabo um Concurso de Montras que terá como mote precisamente o branco.

Categories: AGENDA, Loulé

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.