S. Brás de Alportel

São Brás de Alportel | PSD exige medidas urgentes para reduzir o número de acidentes na EN 270 e a abertura da Circular Norte

psd_sba

Os Vereadores eleitos do PSD/São Brás de Alportel propuseram, no passado dia 21 de abril de 2015, que fossem tomadas medidas para minorar os perigos e tornar a circulação ao longo da EN 270 mais segura, concretamente entre a rotunda do Estabelecimento Comercial “Intermarché” e o cruzamento com a estrada da Barracha e Mealhas, denominado pelos são-brasenses de cruzamento da “Estação”.

Apesar do alerta oportuno feito por estes Vereadores, entretanto nada foi feito, e as consequências de tal, têm sido tristemente graves, sendo que nas últimas semanas, têm-se sucedido os acidentes naquele pequeno troço da EN 270, resultando lamentavelmente, em vários feridos graves. Tudo devido a uma maior e notável afluência de trânsito naquele troço da EN 270, e igualmente em virtude do acesso ao sítio das Mealhas ter dois troços cortados, e ao excesso de velocidade que se verifica naquela estrada.

O PS/São Brás de Alportel invocou que a Autarquia não pode intervir nesta estrada, mas pode tomar medidas e pressionar quem de direito, designadamente, as Infraestruturas de Portugal, tal como o fez com a EN 2.

O PSD/São Brás de Alportel exige que se tomem medidas efetivas e com caráter de urgência, concretamente no que respeita a este troço, de forma a reduzir o número de acidentes.

A Concelhia do PSD/São Brás de Alportel, solicita ainda, que seja aberto o mais rápido possível, o troço da Circular Norte já pronto – conforme mencionado pelo Presidente da Autarquia, na entrevista concedida ao jornal “Postal do Algarve”- de forma a reduzir o tráfego no referido troço da EN 270 e evitar a ocorrência de acidentes e consequentemente, de feridos graves, não podemos estar à espera de mais inaugurações quando estão em causa vidas humanas.

Por: A Comissão Politica do PSD/São Brás de Alportel

Categories: S. Brás de Alportel

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.