Algarve

Injustiça e descontentamento no Centro Hospitalar do Algarve motiva enfermeiros a recolher abaixo assinado

A partir de 1 de outubro de 2015 foi, finalmente, feita a harmonização salarial entre os enfermeiros com Contrato Individual de Trabalho (CIT) e com Contrato de Trabalho em Funções Públicas (CTFP), colocando-os na primeira posição remuneratória da Carreira de Enfermagem, reparando assim a injustiça que mantinha milhares de enfermeiros abaixo do início da grelha salarial.

Subsistem, no entanto, no Centro Hospitalar do Algarve, enfermeiros com carga horária semanal de 35h e outros de 40h, com a mesma remuneração!

A alteração à Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas não resolve…

Os partidos da actual maioria parlamentar defendem a reposição das 35h semanais na Administração Pública, tendo alguns já entregue na Assembleia da República proposta de alteração da Lei 35/2014 (LGTFP). Porém, esta Lei não abrange os CIT, que permanecerão com 40h.

Solução está nas mãos do CHA…

As entidades empregadoras EPE, têm autonomia para fazer, por acordo com os enfermeiros a CIT, uma alteração contratual para que a carga horária semanal, a tempo completo, seja 35h.

Os enfermeiros encontram-se a recolher um abaixo assinado nos hospitais do Algarve, exigindo ao CHA passar a 35h semanais, no sentido de corrigir esta injustiça de existirem enfermeiros, com a mesma responsabilidade, uns a 35h e outros a 40h semanais, mas com a mesma remuneração base.

A Direção Regional de Faro do SEP

sep

Categorias:Algarve