AGENDA

Cine-Teatro Louletano anuncia nova temporada de programação

O Cine-Teatro Louletano está a divulgar, em jeito de antevisão, a sua programação artística para a temporada entre setembro e dezembro deste ano, consolidando o seu caminho no sentido de uma intervenção cultural forte, implicada, plural e diferenciadora ao nível dos conteúdos, formatos e abordagens apresentados. Esta visão insere-se na estratégia definida pela Câmara Municipal de Loulé para a área da Cultura, considerada pelo atual executivo como um dos pilares essenciais do desenvolvimento do Concelho, daí o significativo investimento realizado na educação para a cultura e para a cidadania.

Nesta linha, a nova programação do Cine-Teatro para os últimos quatro meses deste ano centra-se na formação em artes performativas e linguagens interdisciplinares, em propostas inovadoras a pensar nos mais pequenos e suas famílias, em projetos de envolvimento da comunidade, bem como em contagiantes e surpreendentes concertos, peças de teatro e espetáculos de dança contemporânea/inclusiva, sem esquecer parcerias inéditas e a continuação do estímulo e valorização dos talentos e criativos do Concelho de Loulé.

Na música, marcarão presença, a abrir a temporada, o singular músico brasileiro Pierre Aderne (bossa nova e jazz) e a contagiante intérprete e compositora sul-africana Dilana (hard rock e rock alternativo), atualmente residente nos Estados Unidos, seguindo-se a soprano finlandesa Olga Heikkilä (que recria uma noite na ópera italiana), Luís Represas revisitando 40 anos de carreira em formato acústico, a 1.ª Gala de Fado do Concelho de Loulé e a Final do 7.º Concurso de Fado Amador de Loulé, o quinteto de Marco Martins (jazz) ou a banda Led On, de tributo aos míticos Led Zeppelin, com um elenco de luxo composto por Paulo Ramos na voz, Mário Delgado na guitarra, Manuel Paulo nos teclados, Zé Nabo no baixo e Alexandre Frazão na bateria. De destacar ainda o concerto do internacionalmente aclamado Harlem Gospel Choir, bem como a continuação do ciclo “Loulé Clássico”, pela Orquestra Clássica do Sul, dedicado este anos aos Grandes Concertos Românticos, sem esquecer os já habituais e marcantes concertos de Ano Novo (mais uma vez em dose dupla) apresentados pela Orquestra Clássica do Sul em Loulé.

Mas as propostas musicais também passam por estreias absolutas no Algarve de novos discos, como “Ensemble” de Rui Massena, “Marrow” dos inspirados You Can’t Win, Charlie Brown ou o concerto de educação ambiental “Mão Verde”, por Capicua e Pedro Geraldes, especialmente dirigido aos mais pequenos e suas famílias. Dino d’Santiago, Bonny The Gemini e César Matoso, artistas do Concelho já com um percurso de grande consistência e qualidade, também passarão pelo palco do Cine-Teatro.

O ciclo “O Longe é Aqui”, iniciado em maio deste ano ao juntar Jorge Palma com a Banda Filarmónica Artistas de Minerva, prosseguirá com mais três desafios/diálogos que juntam reconhecidas figuras a nível nacional com artistas/grupos do Concelho de Loulé, no sentido do estímulo e valorização destes últimos: Lígia Pereira com o coletivo Shout! (gospel), Isa de Brito com Marco Rodrigues (fado) – ambos a realizar em Quarteira e inseridos também no âmbito do Programa Comemorativo do Centenário da Freguesia – e o Ensemble de Flautas de Loulé com Sérgio Godinho e Filipe Raposo, numa abordagem absolutamente inédita ao repertório do incontornável “homem dos sete instrumentos”.

O prestigiado festival Misty Fest terá pela primeira vez uma extensão no Algarve, em Loulé, com a vinda ao Cine-Teatro, em estreia a sul do novo disco, da dupla Rodrigo Leão e Scott Matthew, para um concerto que se espera marcante para os inúmeros fãs dos dois músicos. O Cine-Teatro apresentará ainda um concerto muito especial, a pensar particularmente no público já aderente ao Cartão de Amigo lançado este ano (o qual terá entrada gratuita), com Miguel Araújo em formato acústico.

Na área teatral são de sublinhar três peças que rumam pela primeira vez ao Algarve, depois do grande impacto e reconhecimento pela crítica e pelo público noutras salas do país: “António e Maria”, do Teatro Meridional, com a atriz Maria Rueff; “Homúnculo”, de Natália Correia, pelo Teatro Estúdio Fontenova; e “Carta de uma desconhecida”, de Stefan Zweig, com Sandra Barata Belo. A dança também é uma das apostas do Cine-Teatro para o último quadrimestre de 2016, com propostas que vão desde o internacionalmente aclamado espetáculo “Fica no Singelo”, da Companhia Clara Andermatt, que faz uma releitura contemporânea da dança e música tradicionais (mais uma estreia no Algarve), até ao “Novo_Título Provisório”, com João de Brito, sem esquecer “A Nova Bailarina”, da conceituada Aldara Bizarro.

O enfoque na formação/reflexão/partilha ao nível artístico repassa toda a programação da segunda temporada, na maioria das vezes relativa a espetáculos sobre os quais se pretende pensar em termos de processos criativos, e dirigida quer a profissionais que trabalham com as primeiras infâncias e com jovens, quer a outros interessados. Aldara Bizarro, Dina Mendonça, João de Brito, Yola Pinto, Margarida Mestre, António-Pedro/Companhia Caótica, entre outros, dinamizam algumas destas propostas.

O Cine-Teatro Louletano continua a integrar o Festival Verão Azul, organizado pela estrutura casaBranca, sediada em Lagos, apresentando quatro formatos: a performance “Atlas Loulé”, de Ana Borralho & João Galante (que juntará em palco 100 pessoas da comunidade), a exposição coletiva “Começar do zero”, o filme “Um Elefante na Sala” e o espetáculo de teatro/dança “E se tudo fosse amarelo?”, de Sílvia Real.

Prosseguem também as já habituais rubricas regulares “Dos Sabores da Cultura” e “Conversas à Quinta”, bem como a programação para os mais pequenos e seus pais aos domingos, além das propostas artísticas, durante a semana, dirigidas à comunidade escolar do concelho.

Ao mesmo tempo, o Cine-Teatro continua a apostar na consolidação dos seus públicos mas também na captação de novos segmentos, tendo introduzido este ano o Cartão de Amigo do Cine-Teatro (que confere 40% de desconto na maioria dos eventos, mediante o pagamento de uma anuidade) e uma política de descontos para maiores de 65 e menores de 30 anos.

Para mais informações sobre a programação de setembro a dezembro, os interessados podem contactar o Cine-Teatro louletano (que se encontra encerrado para manutenções até 7 de agosto) através do email cinereservas@cm-loule.pt.

Cine-Teatro Louletano

Cine-Teatro Louletano

Categories: AGENDA, Loulé