Loulé

Já arrancou a reabilitação do Solar da Música Nova, em Loulé

Foi celebrado esta quarta-feira, 27 de julho, o auto de consignação da empreitada de reabilitação do edifício da Música Nova, um espaço emblemático da cidade de Loulé que será agora transformado num centro cultural dedicado ao ensino da música e que se pretende que venha a ser uma referência na região algarvia e no país.

O edifício, localizado na Rua Sacadura Cabral, perto do Arquivo Municipal, encontra-se em avançado estado de degradação e irá ser alvo de uma remodelação profunda. Este espaço irá comportar três áreas distintas: Conservatório de Música de Loulé, a sede da Banda Filarmónica “Artistas de Minerva” e um Auditório Municipal.

O objetivo inerente a esta recuperação, depois da salvaguarda do edifício, é o de melhorar e reforçar as infraestruturas de apoio ao ensino de música. Loulé estará na vanguarda ao nível dos equipamentos culturais, particularmente nesta área, desenvolvendo dinâmicas que tornem a cidade num polo musical de referência no contexto nacional.

O antigo solar da família Barros e Aragões, que assume a denominação de Música Nova pela ocupação do espaço pela banda filarmónica “Música Nova”, é um edifício do séc. XVIII, de dois pisos, que foi adquirido pelo Município. Na sua arquitetura destacam-se o emolduramento de cantaria do portal e das janelas de sacada do andar nobre. A sua reabilitação passará pela preservação das suas características arquitetónicas.

O Solar da Música Nova é um edifício com uma forte memória histórica junto da comunidade louletana pelo que esta recuperação insere-se na aposta da Autarquia de Loulé na preservação do património do Concelho.

A obra terá um prazo de execução de 18 meses e um custo estimado de 2,5 milhões de euros.

Categories: Loulé