AGENDA

Horizontes do Futuro: Alexandre Costa aborda Importância da Ciência na Evolução da Humanidade | 20 de outubro

“Eu, Homo sapiens – Da descoberta do fogo à exploração espacial” é o tema da conferência que Alexandre Costa irá apresentar no próximo dia 20 de outubro, quinta-feira, pelas 21h30, no Salão Nobre dos Paços do Concelho de Loulé, no âmbito do Ciclo “Horizontes do Futuro”.

Nos últimos milhões de anos um grupo de mamíferos assumiu a posição bípede e, através da compreensão da natureza que o rodeia e do desenvolvimento de ferramentas, ao longo da sua evolução, dominou o mundo à sua volta.

Nesta conferência exploram-se as questões culturais, éticas e sociais que influenciaram o desenvolvimento da ciência, da sua utilização pela sociedade sob a forma de tecnologia desde que o Homem pode ser assumido como tal até ao presente, e da importância política e social da aposta na mesma no contexto atual.

Alexandre Costa é o presidente do Conselho Executivo da Associação Europeia para o Ensino da Astronomia (EAAE) e diretor da Escola Secundária de Loulé. Em Portugal, tem estado envolvido em diversos projetos educacionais, nacionais e internacionais, em especial nas áreas de Física e Astronomia. Tem participado na coordenação técnica da construção de Exposições Permanentes de Centros de Ciência (nomeadamente como responsável principal da reconstrução do Centro Ciência Viva do Algarve) e na dinamização de atividades de promoção da Ciência, nomeadamente exposições temporárias e dinamização de planetários portáteis por todo o continente e ilhas.

Tem, desde 1998, sido formador de muitos cursos de formação de professores da EAAE na Europa. Foi emissário da UNESCO para o lançamento dos Cursos NASE da União Astronómica Internacional (IAU) para a formação de professores na área da astronomia em países emergentes na América do Sul (Equador e Peru), em julho de 2009. Posteriormente participou na adequação e participou como formador no lançamento dos mesmos cursos em África (no Gana), em janeiro de 2013.

Faz parte da organização desde a génese das Olimpíadas de Astronomia para alunos, tendo sido presidente da Comissão Organizadora entre 2006 e 2009. É autor de manuais didáticos de Física, Química e Astronomia e é autor diversos livros e publicações, quer na área da educação quer para o público em geral.

A Câmara Municipal de Beja concedeu-lhe a Medalha de Mérito Municipal (grau prata) em 2000. Em 2005, no Ano Internacional da Física, a Sociedade Portuguesa de Física atribuiu-lhe o Prémio Rómulo de Carvalho, destinado a distinguir o melhor professor de física do ensino não superior português e, em 2010, recebeu, do Ministério da Educação, o Prémio Nacional de Professor.

Alexandre Costa

Alexandre Costa

Categories: AGENDA, Loulé