Castro Marim

Castro Marim já tem Orçamento para 2017

Foi aprovado, em Assembleia Municipal realizada no passado dia 5 de dezembro, com dois votos contra da oposição do partido socialista, o Orçamento e as Grandes Opções do Plano do Município de Castro Marim para 2017, que se centra no apoio social às famílias mais necessidades e às classes sociais mais vulneráveis, na continuidade do abastecimento de água a toda a população do concelho e, na execução de importantes projetos elaborados nos últimos 3 anos, como por exemplo a Praia Fluvial de Odeleite. Para 2017 prevê-se então um valor global de 13.673.440,00€.

Representando os fundos comunitários a mais expressiva receita de capital para um município como Castro Marim, é a orientação para 2017 a concretização de projetos sonhados e sentidos como imprescindíveis para o território, sustentados na aprovação de candidaturas ao Quadro de Apoio Comunitário “Portugal 2020”.

Assim sendo, destacamos algumas das obras de peso inscritas nas Grandes Opções do Plano para 2017, tais como o alargamento da queijaria do Azinhal, a praia fluvial de Odeleite, a habitação social de Altura, o parque de autocaravanismo de Altura, a pavimentação de arruamentos em Castro Marim, Monte Francisco e Junqueira, a execução de projetos de pavimentação do Azinhal e Odeleite, a criação do Memorial do Paco de Lucía, em Monte Francisco, a intervenção na Piscina Municipal, a construção de duas ciclovias (VRSA – Castro Marim, Espargosa – Praia Verde), a execução de um passadiço pedonal entre Manta Rota e Altura e o abastecimento de água às populações, quer através do alargamento da rede de abastecimento em alta até à povoação de Alta Mora (freguesia de Odeleite), quer através de furos artesianos.

O apoio às famílias carenciadas continua a ser a principal prioridade de 2017, no âmbito da ação social, saúde e educação, mantendo e reajustando as medidas já implementadas, como os apoios à recuperação de habitações, a Unidade Móvel de Saúde, com médico permanente, o Cartão Social, a atribuição de bolsas de estudo, a rede de transportes coletivos e escolares, entre muitas outras iniciativas autárquicas, que fazem deste município um dos 58 distinguidos pelo prémio “Autarquia + Familiarmente Responsável”.

Na vertente mais cultural, o Município de Castro Marim pretende manter a programação sedimentada ao longo dos anos, com destaque para os Dias Medievais, para o Festival de Lucía, cuja primeira edição acontecerá em agosto de 2017, para o lançamento do documentário “Dias de Sal”, pelo realizador Ivan Dias, para o desenvolvimento de um projeto regional “Segredos de Lucía” e ainda para a realização de ações diversas na promoção do “Sal de Castro Marim, o Melhor Sal do Mundo” e do acordeão, procurando o reforço deste valor cultural no concelho e na região.

“Este é um orçamento que assenta na melhoria da qualidade de vida dos munícipes, sem descurar da valorização dos recursos endógenos como força motriz do desenvolvimento do concelho”, declarou o presidente da Câmara Municipal de Castro Marim, Francisco Amaral, sobre as linhas orientadoras do novo Orçamento.

Castro Marim - vista aérea

Castro Marim – vista aérea

Categories: Castro Marim