Albufeira

Inauguração da nova sede da JF Ferreiras coroou os festejos de abril em Albufeira

A inauguração da sede administrativa da Junta de Freguesia de Ferreiras foi o ponto das comemorações do 25 de Abril em Albufeira. Perante uma vasta multidão, não faltaram palavras de satisfação e aplausos. “Uma casa que nos é devida desde 1997”, referiu o Presidente da Junta, Fernando Gregório, visivelmente comovido. Assinado também publicamente o contrato de comodato, com uma vigência de 20 anos, renováveis.

Num ambiente de manifesta alegria, a Freguesia de Ferreira assistiu à Guarda de Honra e hastear da Bandeira Nacional ao som do Hino naquela que é a nova sede administrativa da Junta de Freguesia. Antes, as freguesias de Albufeira e Olhos d’Água, Guia e Paderne, foram alvo das mesmas honras alusivas à efeméride, como tem sido tradição ao longo destes últimos 43 anos, frente às sedes de Juntas de Freguesia. Em Ferreiras, o novo espaço para a Junta e Assembleia de Freguesia vem colmatar a situação de exiguidade que a Junta de Freguesia até então vivia, num espaço arrendado. A nova sede foi uma aquisição do Município de Albufeira que após as devidas obras somou um investimento no total de 250 mil euros. Este foi o ponto alto das Comemorações do 25 de Abril no Município, o qual contou também com a assinatura pública do contrato de comodato por um período de 20 anos renováveis. O espaço vai também, em breve, abrir as portas a cinco agregados familiares por ter 5 habitações acopladas.

Note-se que Ferreiras é a freguesia que mais cresceu demograficamente nos últimos dez anos, logo a seguir a Albufeira, passando de 4951 habitantes em 2001 para 6406 uma década de depois, segundo o recenseamento do INE.

Visivelmente comovido, Fernando Gregório relembrou o que tem sido a vida administrativa de Ferreiras e referiu que “finalmente temos a casa que nos é devida há 20 anos, altura em que foi criada a Freguesia de Ferreiras”. “Ferreiras merece este espaço, as pessoas merecem o melhor e esta freguesia tem um património que urge descobrir no plano cultural e desportivo, o que constitui um passo significativo para o nosso turismo”, salientou por seu turno o presidente da Câmara Municipal, Carlos Silva e Sousa. Este autarca manifestou ainda a vontade de ter “um concelho o mais homogéneo possível, para que Albufeira seja um território de harmonia e assim nos possamos realizar enquanto autarcas”. Por seu turno, Paulo Freitas, presidente da Assembleia Municipal, salientou o seu orgulho de estar a assistir a esta inauguração, por corresponder à “responsabilidade de todos os que têm que fazer o bem por Albufeira, nomeadamente, aqueles que possuem funções na administração pública”. Depois deste momento, foi tempo para entrega de troféus aos participantes do 2.º Duatlo organizado pelo FC Ferreiras, prova que mobilizou uma parte significativa da população ao longo da manhã.

As comemorações de Abril prosseguiram com uma Caminhada nocturna organizada pelos Bombeiros Voluntários de Albufeira, com diversas ofertas às centenas de participantes.

Note-se que na noite de 24 de Abril, o concerto “Domingos Caetano toca Zeca Afonso” sobrelotou o Auditório Municipal, sendo vários os momentos em que todas as vozes presentes se ergueram em uníssono com cravos a agitarem-se no espaço.

Categorias:Albufeira