Quarteira

Concerto da Banda Filarmónica de S. Brás em Quarteira

Perante uma boa moldura humana, a Banda Filarmónica de S. Brás de Alportel protagonizou ontem à noite, dia 15 de Junho de 2017, um concerto no largo do Centro Autárquico de Quarteira.

A banda atuou com o seguinte alinhamento:

Arsenal, de Jan Van der Roost;

Sa Musica, de Jacob de Haan;

Malhão de Águeda, de Joaquim Luís Gomes;

Vive La France, de Frank Bernaerts;

Coldplay on Stage, de Michael Brow;

Fiesta Tropicale, de Vitor Lopez;

Uma Noite em Lisboa, de Álvaro Reis.

Um concerto no âmbito do 30.º Ciclo de Bandas Filarmónicas-Loulé Concelho, organizado pela Sociedade Filarmónica Artistas de Minerva.

A Banda Filarmónica de São Brás de Alportel, integrada na Associação Cultural e Recreativa Escola de Música Sambrazense, foi criada inicialmente em 1996, como Banda de Metais dos Bombeiros Voluntários. Adquiriu um estatuto diferente em 2006, passando então a designar-se por Banda Filarmónica de São Brás de Alportel. Esta banda é constituída por dezenas de músicos de diversas idades.

A banda é dirigida pelo músico/professor Albano Neto. Natural de Loulé, iniciou os seus estudos musicais na Escola de Música da Sociedade Filarmónica “Artistas de Minerva”, em Loulé, aos 12 anos, em trompete, sob a orientação de José Branco. Aprofundou os seus estudos musicais nos Conservatórios Regionais do Baixo Alentejo e do Algarve.

É Licenciado em Educação Musical e concluiu, em 2013, o Mestrado em Ensino da Música – Trompete.

Integra a Banda Filarmónica “Artistas de Minerva” e tem participado ainda em diversas formações, desde orquestras clássicas a grupos de Pop/Rock. É professor nos “Artistas de Minerva”, diretor musical da Big Band do Algarve (Bibádoa) e da Banda Filarmónica de São Brás de Alportel.

Na área pedagógica realiza, como trompetista, os concertos “Música de Pais para Filhos” e é autor e performer nos ciclos “Histórias para Instrumentos”.

Por: Jorge Matos Dias / PlanetAlgarve

Categorias:Quarteira