Albufeira

Carlos Silva e Sousa recebeu bombeiros de Albufeira que estiveram em Pedrógão Grande

Os Bombeiros Voluntários de Albufeira, à semelhança de outras corporações puseram-se a caminho com 3 viaturas e dois grupos de homens, que durante 8 dias (na totalidade para os 2 grupos), se foram revezando na missão de combater o incêndio, salvando pessoas e bens. “No regresso ao quartel, os Bombeiros apresentavam semblantes cansados, mas nitidamente felizes pelo sentido do dever cumprido”, referiu José Carlos Rolo, vice-presidente da Autarquia, que esteve presente naquela pequena homenagem na qualidade de presidente da direção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Albufeira.

Carlos Silva e Sousa elogiou a coragem destes homens, que não hesitaram, nem um segundo, em fazer várias centenas de quilómetros, para numa missão de interajuda enfrentar o perigo, dando um excelente exemplo de empenho e profissionalismo, através do combate intransigente às chamas e na defesa das populações. O presidente da Câmara Municipal de Albufeira destacou, que “ser Bombeiro Voluntário é uma das formas mais dignas que o ser humano tem de se dar ao outro; é uma opção individual que nos leva à prática do bem e à interajuda nos momentos difíceis”, disse. O autarca sublinhou que durante os dias que estiveram na frente de combate ao fogo os Bombeiros de Albufeira nunca estiveram sozinhos, “nós estivemos sempre aqui para tudo o que fosse preciso e, quero que fique bem claro, que enquanto eu aqui estiver estaremos sempre à vossa inteira disposição, excedendo, se tal for necessário, todas as minhas possibilidades. Estes homens e mulheres têm que ser acarinhados e reconhecidos por todos”, concluiu.

José Carlos Rolo agradeceu a receção, tendo afirmado que “é um lugar-comum a existência de uma excelente relação entre a Câmara Municipal e os Bombeiros. A Associação que represento não tem a ver com a parte operativa, mas contribui para que os meios e as condições sejam o melhor possível para a vossa ação, para a operação, disse dirigindo-se aos Soldados da Paz. Estou muito orgulhoso por termos um Corpo de Bombeiros dedicado, empenhado e que deu um exemplo de extremamente profissionalismo a nível nacional. É certo que estão a cumprir o vosso papel, mas é por isso que sinto imenso orgulho e gratidão  por presidir a esta Associação”, disse, agradecendo, uma vez mais, o apoio inexcedível da Autarquia e todo o trabalho e empenho a nível do Comando. Terminou a sua intervenção, referindo que agora “é tempo de lamber as feridas”, mas sobretudo de refletir nas situações para que sirvam de ensinamento para o futuro.

O Comandante dos Bombeiros, Abel Zua, confirmando as palavras de Carlos Silva e Sousa (os Bombeiros nunca estiveram sozinhos nesta luta), fez questão de revelar que “diariamente ia dando nota ao presidente da Câmara, através de mensagens SMS da situação que se estava a viver no local”.

Antes do comandante prosseguir com o discurso, exortou quem esteve no terreno a deixar o seu testemunho, que mais do que relatar o inferno por que aqueles homens passaram naqueles dias, passou por em deixar bem claro a importância do apoio que sempre receberam, quer a nível de Comando quer do presidente da Câmara Municipal de Albufeira. “Orgulhamo-nos do nosso profissionalismo e desempenho, que sempre que vamos para fora marca bem a diferença, o que reverte de forma bastante positiva para a imagem do nosso Concelho”, disse um dos operacionais, sublinhando “que vale a pena todo o trabalho e a enorme aposta que a Corporação faz em treinos e formações”.

Abel Zua, por sua vez, aproveitou também a oportunidade para agradecer à Autarquia e aos seus homens que se debateram corajosamente no teatro de operações, mas sobretudo para deixar algumas considerações, das quais destacamos: “A importância do sentido de pertença, «os meus Bombeiros», dizia o presidente da Câmara. É bom sentir isto! E este exército da boa vontade merecia que mais albufeirenses tivessem este sentimento de pertença em relação aos nossos Bombeiros e que o evidenciassem de facto; É bom sentirmos gratidão e ouvir palavras de agradecimento pela nossa entrega e é fundamental darem-nos as condições para fazermos sempre melhor no nosso dia-a-dia; Nós não somos melhores nem piores que outras corporações: somos diferentes! Temos um compromisso de excelência para com o Município e para isso, para além da nossa atividade regular investimos todos os dias em muitas horas de formação. Albufeira é ímpar ao nível da proteção e socorro; durante a última década temos tido eventos de grande mediatismo e nós estivemos sempre no terreno a fazer a diferença. Para terminar, resta dizer que os Bombeiros de Albufeira estão de parabéns, assim como todas as entidades e instituições que contribuem para que o dia-a-dia desta Corporação se desenvolva ao mais alto nível, quer a nível da prevenção quer no combate aos incêndios e no salvamento de pessoas e bens, dentro e fora de portas”.

Categorias:Albufeira