Albufeira

Autoridade Marítima colabora em ações de sensibilização para os perigos das arribas em Albufeira

Decorreu, no passado dia 14 de julho, mais uma ação de sensibilização para os perigos das Arribas nas praias de S. Rafael e praia dos Arrifes, concelho de Albufeira. Esta foi a terceira ação, estando ainda previstas mais dez.

​​A Capitania do Porto de Portimão, através da Delegação Marítima de Albufeira, tem colaborado com a Proteção Civil Municipal de Albufeira, a organizadora do evento. O objetivo é alertar os banhistas para os perigos de derrocada das arribas, recomendado que se coloquem a uma distância mínima de segurança de 1,5 vezes a altura da arriba.

Nas costas rochosas, chamam-se arribas às vertentes que são permanentemente ou periodicamente expostas à ação do mar. O Algarve apresenta em alguns locais da zona costeira uma paisagem que se caracteriza pelo recorte irregular da erosão. A beleza natural procurada pelos utentes destas áreas é, no entanto, indissociável do risco decorrente da instabilidade das arribas.

A evolução (erosão) natural das arribas processa-se numa sequência intermitente e descontínua de derrocadas instantâneas, dinâmica que constitui perigo para os utentes das praias.

Os desmoronamentos são muito variáveis no espaço e no tempo, dependendo de inúmeros fatores, como a intensidade e frequência da ação de agentes climáticos, a fracturação e o tipo de rocha em que a arriba é talhada, a ocupação humana, a presença de vegetação, a vibração, a sismicidade, entre outros.

Foram identificadas faixas de risco das arribas pela APA – ARH do Algarve, procedendo-se à colocação de placas de risco nas praias, como forma de informar e sensibilizar os utentes dessas zonas balneares.

Categorias:Albufeira