Quarteira

JSD Loulé: «O que se passa com a obra do futuro Quartel da GNR de Quarteira?»

A Juventude Social Democrata de Loulé não pode deixar de expressar o seu descontentamento relativamente à obra do futuro quartel da Guarda Nacional Republicana de Quarteira.

Descontentamento este que é partilhado e demonstrado por dezenas de queixas relativas às horas de início e fim dos trabalhos em dias não úteis, bem como falhas de segurança e protecção da obra.

Os ruídos decorrentes da obra são a origem da maioria das queixas. Nos termos do artigo 4.º do Decreto-Lei n.º 9/200, as fontes de ruído suscetíveis de causar incomodidade, carecem de uma Licença Especial de Ruído, licença esta que, aparentemente, não existe.

Pela incerteza da existência da Licença suprareferida, a JSD Loulé questionou, via correio electrónico, o Presidente da Câmara Municipal de Loulé sobre a existência ou não desta licença. Acontece, no entanto, que à data de hoje não foi recebida qualquer resposta, o que preocupa a JSD Loulé, tendo em conta o tema de interesse público para o bem-estar da população Quarteirense.

A JSD Loulé aguardará pela resposta do executivo camarário aos meios de comunicação social.

Na eventualidade de inexistir licença é, de facto, uma situação inaceitável.

A JSD Loulé aproveita ainda para transmitir a sua não concordância com o timing da realização desta obra, em plena época alta, num dos maiores pontos turísticos do país.

Numa altura em que, normalmente, as obras são suspensas, este Executivo Camarário decide avançar com uma obra que tem afetado o bem-estar e descanso dos Quarteirenses, dos turistas, que tem criado situações de trânsito e insegurança.

A época de eleições leva este Executivo a ações irrefletidas, não ponderadas, prejudiciais e que em nada se coadunam com o interesse e bem-estar da população.

A Comissão Política da JSD Loulé

Categorias:Quarteira