Lagos

Município de Lagos inaugura primeiro Cemitério para Animais no Algarve

A cerimónia de Inauguração do Cemitério para Animais, em Lagos, decorreu no passado dia 8 de setembro. Este novo equipamento foi um dos três projetos mais votados do Orçamento Participativo de Lagos 2016, é o primeiro do Algarve e o terceiro a nível nacional.

A obra contemplou a construção, numa primeira fase, de um módulo de inumação aeróbia com 39 unidades, de dimensões diferenciadas para animais de grande, médio e pequeno porte, bem como o arranjo de espaços verdes exteriores, nomeadamente mobiliário urbano e a construção de uma arrecadação. Em fase posterior, e considerando a procura, o número de unidades poderá, eventualmente, duplicar, dentro da área disponível para o efeito.

Recorde-se que a construção de um cemitério para animais domésticos, apresentado pela proponente Cecília Paula do Carmo, foi um dos três projetos mais votados do primeiro Orçamento Participativo de Lagos, levado a cabo em 2015, e que integraram o orçamento municipal para o ano de 2016.

A empreitada foi adjudicada à firma OCM – Obras, Construção e Manutenção, Lda., e o projeto é da responsabilidade da empresa António Marques-Planeamento e Arquitetura, Lda., sendo o valor global desta obra de 49 848,05€.

Cecília do Carmo, proponente do projeto, presidente de uma das mais importantes associações para a Defesa dos Animais – Associação Cadela Carlota –, e que tem abraçado, desde há muitos anos, esta causa estava visivelmente satisfeita, aproveitando esta ocasião para agradecer o facto de que “daqui em diante todos os que amamos os nossos animais como sendo da nossa família, e que lhes tentamos proporcionar o melhor em vida, também teremos, agora, um local digno onde podem ser enterrados com todo o respeito que nos merecem”.

Para Maria Joaquina Matos, a Presidente da Câmara Municipal de Lagos, este “foi mais um dia muito especial na vida do nosso Município. Hoje, estamos todos de parabéns porque a obra está concluída, a primeira obra inaugurada no âmbito do Orçamento Participativo, iniciativa que o Município implementou em 2015 e a que pretende dar continuidade.

Reforçando que “para nós, autarcas, foi uma alegria podermos concretizar esta obra, e o sonho da D. Cecília, dando corpo ao princípio consagrado no artigo 13.º da Declaração Universal dos Direitos dos Animais segundo o qual «o animal morto deve de ser tratado com respeito»”, a presidente ainda assumiu este novo lugar como sendo “um sinal da evolução humana, uma homenagem e um sinal de respeito para com os nossos animais de companhia, proporcionando-lhes uma digna última morada”.

Maria Joaquina Matos terminou a sua intervenção com uma emocionada leitura do texto “Nero”, do livro “Os Bichos”, de Miguel Torga.

Refira-se que este cemitério é um projeto pioneiro no Algarve, e o 3º a nível nacional (apenas existem cemitérios para animais no Jardim Zoológico de Lisboa e no distrito de Aveiro – Santa Maria de Feira).

A cerimónia contou, para além da presença da presidente da autarquia e dos demais membros do executivo municipal, com autarcas das Juntas de Freguesia, a autora da proposta, Cecília Paula do Carmo, do Arquiteto António José de Oliveira Marques, coordenador e representante da António Marques Arquitectura e Planeamento Lda., empresa autora do projeto; do Sócio-gerente da OCM – Obras, Construção e Manutenção, Lda. (empresa construtora), Luis Mateus Ventura Viegas, dos responsáveis e trabalhadores dos vários serviços municipais que fizeram com que a ideia lançada e selecionada no âmbito do Orçamento Participativo 2016 fosse operacionalizada, assim como as demais entidades convidadas que não quiseram perder a oportunidade de testemunhar este momento, com destaque para os representantes das Associações de Defesa dos Animais.

O Regulamento Municipal respeitante a este Cemitério, que define as regras e o funcionamento do mesmo, já foi aprovado em Reunião de Câmara e da Assembleia Municipal, pelo que estará brevemente disponível no Balcão Virtual da autarquia (aguardando-se apenas a sua publicação em Diário da República).

Categorias:Lagos