Loulé

Edifício do Comando Distrital de Operações de Socorro de Faro já foi lançado e reforça centralidade de Loulé

É junto ao Quartel de Bombeiros de Loulé que, dentro de um ano e meio, irá nascer o novo edifício do CDOS – Comando Distrital de Operações de Socorro de Faro da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC). A primeira pedra deste equipamento que irá servir a região algarvia foi lançada esta manhã, na presença dos vários agentes que atuam nesta área.

As novas instalações, localizadas num terreno cedido pela Autarquia com cerca de 7000 m2, irão substituir o atual espaço do Comando Distrital, na baixa de Faro, que se encontra desajustado face às exigências atuais em matéria de proteção civil.

De acordo com o Comandante Vítor Vaz Pinto, o local onde o edifício será construído reúne “características ímpares na região” para receber esta infraestrutura, nomeadamente as boas acessibilidades, com acesso direto e a apenas 600 metros da Via do Infante, a localização privilegiada em frente à Base de Helicópteros e ao Quartel de Bombeiros de Loulé, e próximo da futura Base de Apoio Logístico em Quarteira, bem como o acesso imediato a meios aéreos.

O novo edifício nasce “de um projeto mais vasto” integrado na candidatura conjunta da ANPC e dos Municípios de Loulé e de Almeirim (Distrito de Santarém) ao POSEUR, no âmbito do Fundo de Coesão da União Europeia. A candidatura engloba ainda a BAL – Base de Apoio Logístico do Algarve, em Quarteira, outro importante equipamento que se encontra em fase adiantada de construção, prevendo-se a sua conclusão para o mês de março.

Refira-se que o Comando Distrital assegura 24 sobre 24 horas, 365 dias por ano, o apoio indispensável a mais de 40 mil ocorrências de proteção e socorro que anualmente se registam na região. Como explicou o Comandante Vaz Pinto, a Autoridade Nacional de Proteção Civil, serviço central, da administração direta do Estado, compreende na sua organização interna, além de um Comando Nacional, Comandos Distritais desconcentrados,” com vista a prosseguir em todo o território nacional as políticas de proteção civil, materializar a superintendência da atividade dos bombeiros, planear e coordenar necessidades nacionais na área do planeamento civil de emergência, correspondendo aos acidentes graves e catástrofes, com um efetivo comando operacional, baseado num comando único integrado, em que todos os Agentes de Proteção Civil trabalham no mesmo plano operacional”.

A obra terá um investimento da Câmara Municipal de Loulé de cerca de 1 milhão de euros, sendo cofinanciada pela União Europeia em 85%.

“Dispor de instalações mais robustas e resilientes aos riscos naturais e tecnológicos, permitirá, enquanto infraestrutura nevrálgica, no que toca à Proteção Civil e Socorro, uma monitorização mais efetiva, a garantia da continuidade de comando, controlo e coordenação, na resposta atempada a situações de emergência que afetem esta Região turística de excelência, que é o nosso Algarve”, considerou o responsável da ANPC no Algarve.

O presidente da Câmara de Loulé, Vítor Aleixo, referiu a importância desta estrutura regional no campo da proteção civil mas sublinhou o “processo longo e difícil, com avanços e recuos” para levar por diante este empreendimento.

O autarca considerou o conjunto de sinergias que tornam esta zona de Loulé como “uma cidadela de segurança no Algarve”. “Estamos estrategicamente localizados no coração do Algarve, as vias de acesso são as melhores, temos o aeroporto muito perto e daqui se pode ir, com economia de tempo e de meios, para qualquer ponto do Algarve. Daí esta localização estratégica que neste aspeto da segurança tem vindo a afirmar-se como uma nova centralidade de importância nacional e que está a cumprir o seu papel na região do Algarve”, afirmou Vítor Aleixo.

Recorde-se que desde 1998, altura em que foi instalada em Loulé a Base de Helicópteros em Serviço Permanente, que o Município de Loulé tem sido “um parceiro primordial e indispensável no âmbito da Proteção Civil e Socorro no Algarve e no todo nacional”, como enalteceu o Comandante Vaz Pinto.

Categorias:Loulé