Quarteira

1.ª Caminhada Solidária e Palestra da AHDPA Quarteira

A Associação dos Doentes de Parkinson e Alzheimer assinalou o Dia Internacional dos Doentes de Alzheimer no sábado, dia 22 de setembro, com a sua 1.ª Caminhada Solidária e uma Palestra dedicada à temática desta doença.

Após a Concentração no Largo do Centro Autárquico de Quarteira, houve um momento de Aquecimento com a instrutora de Zumba, Bela Pereira, seguido da partida da Caminhada.

Depois da Caminhada, teve então lugar a Palestra no Auditório do Centro Autárquico de Quarteira, apresentada pelos médicos Dr. João Freitas e Dr.ª Sara Fernandes.

Os palestrantes falaram da doença, de alguns dos seus sintomas, de algumas regras que devem ser praticadas por quem lida com pessoas com Alzheimer (cuidadores e familiares), partilhando igualmente algumas práticas para prevenir o surgimento ou abrandar a evolução da doença.

Após a palestra, decorreu um período de debate muito participado, incluindo pessoas do Norte, de Lisboa e de Santiago do Cacém, que deram os parabéns pela iniciativa, considerando-a muito rara no panorama nacional.

Falou ainda Flora Vieira, da Divisão de Coesão Social e Saúde da Câmara Municipal de Loulé: “Fico muito feliz por ver que existe uma estrutura deste tipo no Concelho de Loulé. Estamos sensíveis por todos os dias nos batem à porta famílias com este problema. Aqui temos uma resposta, que é uma urgência e, por isso, a câmara dá todo o apoio dentro dos seus campos de intervenção. Abrir esta associação é uma mais valia para dar resposta às situações que nos aparecem todos os dias”.

O presidente da AHDPA, Adelino Rocha, agradeceu a presença de todos, artilhando com os presentes um pouco do historial da instituição, revelando igualmente que a sede já deve abrir em outubro, faltando apenas a inspeção da Proteção Civil.

Adelino Rocha agradeceu “à câmara de Loulé, que nos cedeu as instalações, na pessoa do seu presidente, Dr. Vítor Aleixo, que se empenhou pessoalmente no processo. As instalações têm sido elogiadas por todos, incluindo por todas as entidades que têm feito inspeções, incluindo a Segurança Social, com a qual estabeleceremos depois um protocolo para a criação de um Centro de Dia, a funcionar no mesmo sítio.

A iniciativa contou com o apoio da Câmara Municipal de Loulé e da Junta de Freguesia de Quarteira.

Por: Jorge Matos Dias / PlanetAlgarve

Categorias:Quarteira, Saúde