Quarteira

Lançamento do projeto “Um Dia Pela Vida de Quarteira”

A LPCC – Liga Portuguesa Contra o Cancro – Núcleo Regional do Sul e as Responsáveis Locais pelo projeto “Um Dia Pela Vida de Quarteira” (UDPV) promoveram na sexta-feira, 10 de novembro, no Centro Autárquico de Quarteira, o lançamento deste projeto.

Assim, entre 10 de novembro de 2017 e 14 de abril de 2018, Quarteira irá caminhar pela vida, contra o cancro, numa realização que tem por missão prevenir a comunidade mas também angariar fundos através da realização de diversas atividades lúdicas, terminando com uma grande Festa Final na Praça do Mar.

O presidente da Junta de Freguesia de Quarteira, Telmo Pinto, referiu que “vivemos um tempo em que o cancro faz parte da nossa vida, ou na família, ou através de amigos e é aquela doença que nos atormenta. Através de associações como a Liga Portuguesa Contra o Cancro temos cada vez mais conhecimento e olhamos cada vez mais para a prevenção e olhamos também cada vez mais para a adaptação. Temos que nos adaptar à realidade do cancro e às vezes pensamos mais em fugir do que nos adaptarmos. Nós temos, na freguesia, um trabalho com a Associação Oncológica do Algarve em que damos apoio às famílias com a Ação Social da Câmara Municipal de Loulé. Portanto, é para nós gratificante iniciar este projeto. São 5 meses em que existe uma grande intervenção de toda a comunidade. Vai ser um trabalho social de grupo em que nós contamos com todos vós. Já temos uma grande equipa, o que me surpreendeu. Foi um grande trabalho da Sílvia Bonixe e da Cristina Mestre, foram elas que iniciaram este projeto. Podem contar connosco e com a câmara de Loulé – temos aqui o vereador Carlos Carmo – para fazermos um projeto muito bom e que marque aqui alguma posição e que passe muita informação às pessoas”.

Teve depois lugar o visionamento de um vídeo sobre a LPCC.

Filipa Rocha Mendes, do Núcleo Regional do Sul da LPCC e coordenadora do projeto Um Dia Pela Vida, realçou que “finalmente chegámos ao Algarve. Era a única região do país onde ainda não tinha chegado. Em 2016, fizemos um UDPV na Universidade do Algarve. O sucesso foi de tal maneira que o bichinho ficou e a LPCC conseguiu, graças à vontade de muita gente, abrir o grupo de apoio de Faro com várias valências. Aqui, em Quarteira, vai acontecer um UDPV comunitário. É um movimento que se faz na comunidade, para a comunidade e pela comunidade. Temos que mudar mentalidades e fazer parte desta luta que o mundo trava para tornar o cancro uma doença crónica e não uma doença fatal e só paramos quando encontrarmos uma cura”.

Seguiu-se um Colóquio Médico subordinado ao tema “Vamos falar de cancro”, pela Dr.ª Guilhermina Pacheco, especialista em medicina familiar.

Foi então dada a conhecer a primeira equipa que se formou na freguesia, a Comissão Organizadora Local do UDPV de Quarteira: as 3 responsáveis locais, Cristina Mestre, Sílvia Bonixe e Marta de la Piedad; Cátia Barradas; Paula Marinho; Jorge Matos Dias; Karen Batista; Isabel Fernandes; Hugo Leote; Lurdes Rafael; Tânia Daniel; Dulcina Abrantes.

Segundo Sílvia Bonixe, “é com grande alegria e entusiasmo que abraçamos este desafio de colaborar ativamente com uma causa tão nobre como esta, a luta contra o cancro. Acolhemos este projeto na nossa freguesia com a plena certeza que será um projeto de todos nós. Só assim fará sentido. Só assim chegaremos a mais pessoas. Juntos, vamos fazer deste projeto uma comemoração da vida”.

Cristina Mestre partilhou o testemunho pessoal do contacto com a doença.

Foram ainda apresentadas as 3 primeiras equipas do UDPV de Quarteira, cujos “capitães” receberam as respetivas pastas.

Equipa 1 – Unidos Pela Esperança, capitaneada por Maria da Conceição Bernardo (que também partilhou o seu caso pessoal, ressalvando que ela é um exemplo de como a doença pode ser vencida);

Equipa 2 – Laço Solidário, capitaneada por Lurdes Rafael;

Equipa 3 – Corações em Caixa, capitaneada por Tânia Daniel.

A sessão iniciou e terminou com dois momentos de dança: a abrir, atuaram as jovens do grupo Contemporâneo Fusion, de Loulé, da responsabilidade de Patrícia Dias; a fechar, atuou o conhecido par de bailarinos Cláudio & Cris, que abriram recentemente o estúdio de dança Alma no Passo, em Quarteira.

O “Um Dia Pela Vida” tem como principais objetivos: informar e educar a comunidade onde se desenvolve o projeto sobre a prevenção do cancro e angariar fundos para os serviços de apoio ao doente oncológico, investigação oncológica, programas de prevenção e rastreios da Liga Portuguesa Contra o Cancro.

O “Um Dia Pela Vida de Quarteira” desenvolve-se no âmbito do programa internacional da American Cancer Society, o “Relay For Life” e é o 28.º evento na área de ação do Núcleo Regional do Sul da Liga Portuguesa Contra o Cancro, num total de 68 edições no território nacional.

O “Um Dia Pela Vida” representa a certeza de que aqueles que foram levados pelo cancro não serão esquecidos, que aqueles que o estão a combater serão apoiados e a esperança de que um dia o cancro será vencido.

A organização deste lançamento do projeto contou com o apoio da Junta de Freguesia de Quarteira, Câmara Municipal de Loulé, Pastelaria Eurolatina, Loulé Doce e Mundo dos Vinhos.

Por: Jorge Matos Dias / PlanetAlgarve

Categorias:Quarteira, Saúde

1 reply »