AGENDA

Ruivinho Brazão apresenta novo livro na Biblioteca Municipal de Albufeira | 29 de novembro

“Palavras com que brinco e Aprendo” é o título de uma trilogia fascinante, para quem não tem tempo para as conversas ao serão ou para as longas tardes de brincadeira. Trata-se do resultado da investigação em Tradição Oral iniciada em 1994 por Ruivinho Brazão, e que completa deste modo a colecção, agora destinada, especialmente, aos leitores de entre os 10 e os 13 anos de idade. As ilustrações são de Inês Gonçalves. A apresentação do livro é no próximo dia 29 de novembro, às 16h30, na Biblioteca Municipal Lídia Jorge, em Albufeira

O último livro da trilogia “Palavras com que Brinco e Aprendo”, da autoria do investigador Ruivinho Brazão, é apresentado no próximo dia 29 de novembro, quarta-feira, às 16h30, na Biblioteca Municipal Lídia Jorge, em Albufeira. Este mais recente trabalho de investigação é destinado às crianças entre os 10 e os 13 anos e conta com as ilustrações de Inês Gonçalves.

Trata-se de mais uma edição da APEOralidade resultante do projeto de investigação do Património Oral, que teve o seu início em 1994 e que assentou, especialmente, nos micro-campos de Paderne e Boliqueime (concelhos de Albufeira e Loulé).

Adriana Nogueira, docente da Universidade do Algarve, disse já a propósito desta série que aprendeu com os familiares grande parte do saber da tradição oral que ainda hoje possui. E acrescenta: “tal como eu, muitas pessoas (muitos dos leitores, certamente) tiveram essa sorte, mas o nosso atual modo de vida não ajuda a aproximar os elementos das famílias, não lhes deixa muito tempo para conversas ao serão ou longas tardes a brincar”, sendo que estes livros de Ruivinho Brazão “são muito bons para relembrar e sugerir algumas ideias divertidas a quem conseguir arranjar um tempinho para estar com as suas crianças: ‘Palavras com que brinco e aprendo’.”

O livro é apoiado pelas Autarquias de Albufeira e Loulé, pela Junta de Freguesia de Paderne, pela Universidade do Algarve/ESEC e pela Direção Regional de Cultura do Algarve.

A publicação dirige-se à generalidade dos jovens do Ensino Básico que se sucedem ao 1.º Ciclo. Vem na sequência das sessões de Pedagogia da Oralidade, que ao ritmo da investigação têm vindo a realizar-se nas bibliotecas escolares e municipais da Região do Algarve, com relevância para Albufeira e Loulé.

A entrada é livre.

Categorias:AGENDA, Albufeira