Albufeira

Vereadores não permanentes na autarquia de Albufeira: «Preparar o futuro»

A perfazer 6 meses sobre a tomada de posse, os vereadores não permanentes na Câmara Municipal de Albufeira, Ricardo Clemente, Sara Carvela e Victor Ferraz, fazem um balanço positivo da sua prestação.

As imensas propostas de recomendação que têm feito ao executivo, nomeadamente na melhoria dos acessos e vias de comunicação, nos serviços camarários e obras particulares, promovendo a delegação de competências nas juntas de freguesia e nas escolas, pugnando pela sua requalificação e modernização, na criação de habitação social e a custos controlados, na discussão da falta de habitação arrendada para quem quer trabalhar no concelho, mostram que ainda há muito por fazer, já que, muitas destas propostas ainda não se concretizaram nem há perspetivas que o venham a ser.

Estes primeiros meses ficam definitivamente marcados pelo desaparecimento do Dr. Carlos Silva e Sousa, homem que nos envolveu desde o início, elogiando a nossa postura, valorizando o nosso trabalho publicamente, a quem seremos sempre gratos. No entanto, a vida do concelho não pode parar, os problemas subsistem.

Albufeira, dadas as circunstâncias atuais, e com cerca de 80 milhões de euros em saldo de tesouraria, criou as condições perfeitas para discutir e implementar um plano estratégico de médio e longo prazo, devidamente articulado com outros planos de ordenamento.

Para os vereadores não permanentes, esta é uma questão fundamental. É preciso saber ouvir todos e começar a delinear as linhas estratégicas de atuação futura em todos os campos, social e económico, por forma a que Albufeira se torne numa terra com futuro.

O concelho deve tornar-se amigo do ambiente, modernizar-se, apostado em diversificar a atividade económica, minimizando a dependência do turismo e a sazonalidade.

No setor turístico, é prioritário sensibilizar os agentes económicos para a oferta de qualidade, procurando o turismo familiar com poder de compra.

Recuperar os centros históricos, aumentar as zonas verdes, resgatar a identidade do concelho e das suas gentes são também preocupações nossas e o fundamento para as nossas ações.

Os vereadores não permanentes continuarão a trabalhar por um concelho melhor e, para isso, continuarão a apresentar propostas de recomendação ao senhor presidente da câmara Dr. José Carlos Rolo, que assume os destinos do concelho, em circunstâncias difíceis e a quem já demonstrámos toda a nossa disponibilidade e colaboração.

No entanto, deverá ter a visão e as ações necessárias para envolver todos nas tarefas que se avizinham, constituindo-se como um fator de agregação.

Não poderão haver eleitos de primeira ou eleitos de 2ª. Todos têm a mesma legitimidade politica, todos têm a mesma vontade de ajudar o concelho. Esperamos que o futuro de Albufeira não esteja confinado a um conjunto de obras e medidas avulsas que, apesar de necessárias, não se articulam numa visão estruturada e pensada para Albufeira.

As nossas gentes contam connosco, teremos de estar à altura.

Os Vereadores Ricardo Clemente; Sara Carvela; Victor Ferraz

Os Vereadores Sara Carvela; Ricardo Clemente; Victor Ferraz

Categories: Albufeira