Desporto

Quarteira formou laço humano nos jogos de futebol solidários “Veteranos na Esperança”

No âmbito do projeto “Um Dia pela Vida – Quarteira”, as equipas Unidos na Esperança e Laço Solidário organizaram dois jogos de futebol solidários, o primeiro entre antigos jogadores do Clube Desportivo e Recreativo Quarteirense, entre os quais o próprio presiente da junta de freguesia, Telmo Pinto e, o segundo, com antigos craques do Quarteira Sport Clube, para além de um jogo entre os mais pequenos craques da cidade.

A iniciativa teve lugar na tarde de hoje, 25 de abril, no Estádio Municipal de Quarteira.

Pretendeu-se, com este evento, que os espetadores assistissem a um bom e descontraído momento desportivo, mas com uma importante componente solidária, neste caso de apoio à luta contra as doenças oncológicas. “Vista uma t-shirt branca e participe no Laço Humano!”, apelou a organização e a resposta foi bem positiva com uma participação superior às expetativas.

O jogo teve como padrinhos o ex-jogador internacional João Manuel Pinto, que jogou no Sport Lisboa e Benfica e no Futebol Clube do Porto, e o ex-jogador Luís Filipe, que representou o Sport Lisboa e Benfica e o Sporting Clube de Portugal, para além de Manuel Lampreia, um “craque” recordista mundial a dar os famosos toques de cabeça na bola.

As receitas angariadas na bilheteira e bar deste evento reverteram, na totalidade, para a Liga Portuguesa Contra o Cancro.

Este evento contou com o apoio da Câmara Municipal de Loulé, Junta de Freguesia de Quarteira, Clube Desportivo e Recreativo Quarteirense, Quarteira Sport Clube, David Miller e Garvetur.

Refira-se que, em Quarteira, o “Um Dia Pela Vida” teve o seu evento de lançamento a 10 de novembro de 2017 e a 19 de maio de 2018 decorrerá a sua festa de encerramento, onde mais uma vez toda a comunidade é convidada a caminhar pela vida, contra o cancro. Ao longo destes meses toda a comunidade tem-se mobilizado, desenvolvendo em simultâneo momentos de lazer e/ou de educação para a prevenção da doença, enfatizando cinco vertentes: educação para a prevenção como forma mais eficaz de combater a doença; modificação da atitude da população face à doença; divulgação das atividades e serviços da LPCC; angariação de fundos para as diversas atividades da LPCC; reforço do espírito de solidariedade no tecido social.

“Um Dia Pela Vida” é um Movimento que nasceu em 2004 de uma parceria entre a Liga Portuguesa Contra o Cancro e a American Cancer Society. Teve início em março de 2004, na Vila de Coruche. Nesse dia cerca de 1000 pessoas, inscritas em 63 equipas, e cerca de 15000 visitantes Caminharam Contra o Cancro pela primeira vez em Portugal.

Depois de Coruche, seguiram-se outras 67 Comunidades em todo o país (Continente, Açores e Madeira), estando a decorrer neste momento em Quarteira.

Nestes 12 anos, mais de 300 mil pessoas contactaram de alguma forma com este Movimento e mais de 15000 participantes já se inscreveram no mesmo.

No mundo, 26 nações já fazem parte do “Um Dia Pela Vida” que internacionalmente é designado por Relay For Life.

Por: Jorge Matos Dias / PlanetAlgarve

Categories: Desporto, Quarteira